quinta-feira, julho 25, 2024
DestaquesPolítica

Projeto da Reforma Administrativa não deve ser votado hoje, afirma presidente da Câmara

TIMÓTEO – Projeto da reforma administrativa da prefeitura, que também estava na pauta de apreciação das reuniões de comissão dessa manhã, não deverá ser votado na reunião extraordinária de logo mais. Isso porque as emendas que seriam apreciadas pelas comissões não foram enviadas à Câmara até então.

O presidente da Câmara, Diogo Siqueira lamentou a ausência da matéria. “Tínhamos três projetos para apreciar agora pela manhã nas reuniões de Comissão. Um deles, o projeto da reforma administrativa, iríamos apreciar as emendas acordadas durante todo o diálogo aberto com a prefeitura. Ficaram de enviar também o relatório orçamentário dos últimos 12 meses sobre gastos com pessoal. Entretanto, até agora o governo não enviou nada. Isso prejudica a tramitação do projeto que não devo colocar em pauta a tarde”, afirmou o presidente.

Recomposição salarial

Reunidos na manhã dessa terça-feira (09), os vereadores apreciaram e aprovaram nas comissões de Constituição e Justiça; Orçamento e Finanças Públicas; e Administração Pública os projetos que concedem recomposição salarial dos servidores da prefeitura e da câmara. Os projetos serão votados em primeira discussão na reunião extraordinária da tarde de hoje, as 14h.

Devido às diferenças de realidades orçamentárias, os projetos tiveram números também diferentes, acordado previamente com o sindicato da categoria. Para os servidores do Executivo Municipal foi aprovado uma recomposição de 3,94% referente às perdas pelo índice da inflação, retroativo a fevereiro. Para os servidores do Legislativo Municipal, o valor foi um pouco maior com 3,94% de recomposição de perdas e 1,06 de ganho real, totalizando 5% retroativo também a fevereiro.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *