Crime sem punição: Animais são as maiores vítimas de queimadas na região. Veja os vídeos

Timóteo – Com fotos e vídeo de um leitor do JBN, fica o registro de mais um incêndio na cidade de Timóteo nesta sexta-feira (11). Desta feita, em plena luz do dia, o fogo consumiu a vegetação nas proximidades do Cemitério Jardim da Saudade, no Bairro Santa Maria. Ainda nesta semana, o fogo também consumiu a vegetação da localidade denominada de Pedreira, no Bairro São José, bem a frente da Prefeitura e Câmara de Timóteo, aonde até nascente vem sendo prejudicada ano após ano.

O fogo na região da Pedreira, no bairro São José, virou para a localidade do Sebastião Cotta. A pedreira onde o fogo “lambe” todos os anos, é um local de reprodução de Maritacas e Papagaios.

Enquanto isso, os animais silvestres e matas primárias estão sofrendo com as queimadas. Os animais para fugir do fogo, acabam invadindo as áreas urbanas, onde são vítimas de atropelamento e também maus-tratos.

Mesmo com tantos incêndios nunca visto no município, também não se tem notícias de alguma punição para os que comentem este crime abominável.

Consequências

Quando a mata fica toda queimada, a reprodução dos animais corre risco. As aves, por exemplo, podem perder a referência nas árvores para fazer os ninhos, o que causa impacto ambiental. Os animais estão no período de reprodução. Por isso, as queimadas além de matar os animais, prejudicam as futuras gerações da fauna da região. Dessa forma pode ser que eles pulem um  ano sem ter uma geração da espécie o que vai ter problemas sérios futuros em relação à diversidade destas espécies.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *