Prefeitura de Ipatinga discute novas medidas para resguardar direitos de crianças e adolescentes

IPATINGA – A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) mobilizou para uma reunião representantes das demais pastas na Prefeitura de Ipatinga, na última quarta-feira (12), a fim de chamar atenção para o problema das violações de direitos de crianças e adolescentes durante a pandemia, na cidade.

Na ocasião foi apresentado um gráfico com números apurados pelo Conselho Tutelar relativos a ocorrências atendidas no período de março de 2020 a março de 2021. Os presentes tiveram acesso a uma ampla radiografia dos casos identificados, com números por Regional e por bairro do município, além dos perfis dos principais agentes violadores e os direitos mais violados, entre outros dados.

A gestora titular da Assistência Social, Jany Mara, ressaltou a importância de encontros como esse, envolvendo as demais secretarias da PMI. “Uma das principais características da atual Administração é a integração entre as Secretarias. E para tratarmos de um assunto tão grave como a violação dos direitos de nossas crianças e adolescentes decidimos que seria interessante que cada uma delas estivesse representada, para discutirmos soluções de forma compartilhada e com ações mais rápidas e incisivas para combater um problema tão recorrente”, disse.

Planejamento

Além da amostragem sobre os direitos violados, foram discutidas iniciativas para o mês em que estão mais em evidência as atividades de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

“Estamos em um mês bastante importante, que trata do enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, o Maio Laranja. Nós, da SMAS, estamos preparando uma série de ações, e como é de praxe no governo, nos reunimos com as demais Secretarias para ouvirmos ideias e sugestões, o que foi de grande valia”, complementou o secretário adjunto da pasta, Mauro Nunes.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *