Professor Diogo tenta manobra para mudar de partido e não perder o cargo de presidente

O presidente da Câmara, mesmo ainda no PPL, usa em suas publicações o simbolo marcante do Partido dos Trabalhadores: a estrela

Timóteo – Está tramitando na Câmara Municipal de Timóteo, uma proposta de autoria da Mesa Diretora que pretende alterar as regras do Regimento Interno (RI) para facilitar o troca-troca de partidos dos membros da mesa (presidente, vice-presidente, secretário e segundo secretário) sem a perda do mandato. A manobra é conduzida pelo atual Presidente, Diogo Siqueira (PPL), eleito na chapa do ex-prefeito Geraldo Hilário,  que tem como certa a sua ida para o Partido dos Trabalhadores (PT), sinalizada por alguns de seus atos frente ao Legislativo Timotense e até em postagens em sua rede social. Tal assunto tem mobilizado parte considerável dos Vereadores para uma possível eleição extemporânea na Casa Legislativa.

O Projeto de Resolução de que trata o assunto, foi apresentado para analise das comissões internas da Câmara nesta terça-feira (10). Se o tramite da matéria estiver dentro do que prevê o RI, o PR poderá figurar na pauta de votação das próximas sessões extraordinárias do Legislativo.

Regimento Interno

O Regimento Interno da Câmara é a legislação que regulamenta todos os atos praticados no Legislativo, a exemplo, como se dão as votações das leis, quem é o responsável pelas nomeações, quais os prazos de tramitação dos projetos, as eleições para os cargos da mesa, dentre vários outros assuntos.

Manobra

Atualmente, a redação do parágrafo sexto do artigo 53 prevê que trocando de partido um membro da mesa, perderia seu mandato na direção da Câmara. A manobra  do chefe do Legislativo, Diogo Siqueira, pretende possibilitar que o mesmo troque o PPL pelo PT sem perder a Presidência da Câmara.

Essa proposta de mudança das regras tem sido vista com maus olhos por grande parte dos Vereadores, que entendem que a jogada é na verdade “legislar em causa própria”.

Com sua mudança de partido praticamente sacramentada, Diogo Siqueira depende desta alteração no RI para que possa trocar de partido sem comprometer seu cargo frente ao Legislativo de Timóteo.

Diogo Siqueira já participa de reuniões do Partido dos Trabalhadores

Vale ressaltar que o desligamento do presidente da sigla PPL da qual foi eleito, para ingressar no Partido dos Trabalhadores é só uma questão documental, haja vista que o mesmo já está participando de reuniões do PT, bem como já nomeou para os cargos de confiança da Câmara vários companheiros da sigla, como seu chefe de gabinete e vários outros assessores.

Resistentes a essa proposta de alteração das regras do jogo para atender interesses particulares, um grupo de Vereadores já se mobiliza para uma iminente eleição extemporânea para a Presidência da Câmara de Timóteo.

O JBN solicitou nota da Câmara de Timóteo a respeito do assunto, mas até o fechamento desta edição 21h50 não houve manifestação.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *