A partir da ressocialização de detentos, Prefeitura lança o Projeto Novos Caminhos Timóteo

   

Timóteo (Fotos PCReis) – Com a presença de representantes da Usiminas, Estado, municípios e entidades de classes, a Prefeitura de Timóteo realizou nesta quinta-feira (19), o lançamento do Projeto Novos Caminhos Timóteo, que visa a ressocialização de indivíduos privados de liberdade na produção de bloquetes pavies à base de siderbrita (agregado siderúrgico) da Usiminas.

Na plateia, autoridades de todos os níveis prestigiaram o evento.

A iniciativa conta com a parceria de várias instituições como a própria Usiminas, a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), Consórcio Intermunicipal Multifinalitário do Vale do Aço (CIMVA), Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) Regional Vale do Aço; Precomol Premoldados e Construções; Presídios de Coronel Fabriciano e Timóteo; e Governo do Estado de Minas Gerais.

Secretário de Segurança Pública de Minas Gerais, Alexandre Leal

Durante a solenidade no auditório da prefeitura, o Secretário de Segurança Pública de Minas Gerais, Alexandre Leal, pontuou que a iniciativa do prefeito de Timóteo em agregar parceiros para a ressocialização de indivíduos privados de liberdade, coloca o município em uma posição de destaque no âmbito estadual.

Alexandre Leal ainda destacou, que a Secretaria de Segurança Pública está de portas abertas para acolher iniciativas desta envergadura.

Américo Ferreira, representante da Usiminas

Henrique Santos, representante da Usiminas, foi incisivo em afirmar que a siderúrgica tem o maior orgulho de participar de uma parceria igual a que está em andamento. Segundo ele, a Usiminas tem fomentado muitos outros projetos junto aos municípios. “A Usiminas continuará parceira do município de Timóteo, por entender a importância social da iniciativa”, disse.

Termo de Compromisso

O prefeito Douglas Willkys não escondeu a satisfação em está lançando o Projeto Novos Caminhos Timóteo, com a presença marcante de um número significativo de autoridades. Douglas contou que em março deste ano, assinou um termo de compromisso na Secretaria de Estado de Administração Prisional, em Belo Horizonte, para o aproveitamento dos presos na limpeza da cidade. O programa atende no município cerca 50 presos de Timóteo e Fabriciano que tenham bom comportamento e preencham os critérios estabelecidos por uma comissão interna de análise dos dois presídios. Segundo ele, a cada três dias trabalhados, o preso tem um dia descontado da sua pena.

PROJETO PILOTO

O prefeito Douglas Willkys agradeceu aos parceiros e apontou a viabilidade do produto a partir do ponto de vista econômico, ecológico e social.

O prefeito ainda destacou que a partir do sucesso da primeira iniciativa,  foi discutido com os parceiros o desenvolvimento de um projeto piloto para a produção de bloquetes pavies com a utilização da siderbrita, fornecida pela Usiminas. Os bloquetes são produzidos na cadeia pública de Timóteo e utilizados em praças, calçadas, estacionamento e pavimentação de ruas. “Esse é o grande diferencial do nosso projeto, pois além do ponto de vista ambiental esses bloquetes serão usados na pavimentação de vias e reconstituição de calçadas e outros pavimentos”, explicou Douglas Willkys, revelando que o projeto  beneficiará todas as ruas sem pavimento do município de Timóteo.

Outro diferencial mencionado pelo prefeito, é o envolvimento e a mobilização dos parceiros que, na sua avaliação, foi fundamental para viabilizar um produto inovador do ponto de vista econômico, ecológico e social, com a ressocialização dos presos.

A produção dos blocos com siderbrita da Usiminas é um projeto que dependendo da viabilidade deverá ser expandido para outros municípios.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *