Cidades Destaques 

Ruas abandonadas há anos no Pedra Branca são revitalizadas

Há mais de dez anos, o asfalto até chegou à principal avenida da comunidade do Pedra Branca, zona rural de Ipatinga. Mas não na rua do senhor José Rodrigues, que vive lá desde quando nasceu. Com o passar do tempo, percorrer os cerca de 400 metros de estrada de terra – e lama nos dias chuvosos – entre sua casa e a avenida principal se tornou uma tarefa complicada aos seus 75 anos de idade, principalmente quando a família precisava de um carro para levá-lo em consultas médicas ou até mesmo quando o SAMU era acionado para socorrê-lo em momentos que os problemas de saúde se agravavam.

A realidade começou a mudar logo depois do dia 30 de setembro, quando a feirante Alexandra Vieira (37) abordou o prefeito Nardyello Rocha em uma de suas caminhadas pela Feira do bairro Canaã e apresentou a demanda de anos da comunidade da zona rural.

“Eu estou muito feliz porque encontrei o prefeito há poucos dias e, hoje, a rua onde meu sogro, José Rodrigues, e os meus vizinhos moram, já não tem mais buracos, poeira ou lama. O pessoal da Prefeitura veio, aplicou o material da Usiminas e a estrada ficou outra, muito melhor”, comentou Alexandra. “Agora sim, o SAMU vai conseguir descer a rua para atendê-lo”, comemorou.

zona rural

A feirante Alexandra comemorou; ‘eu estou muito feliz porque encontrei o prefeito há poucos dias e, hoje, a rua onde meu sogro, José Rodrigues, e os meus vizinhos moram, já não tem mais buracos, poeira ou lama’

Na última terça-feira (16), os profissionais da Secretaria Municipal de Obras Públicas aplicaram, somente no Pedra Branca, 300 toneladas de agregado siderúrgico da Usiminas. Foram atendidos diversos trechos da comunidade, inclusive a rua onde mora o senhor José Rodrigues, resultando em melhores condições de trafegabilidade para moradores e sitiantes da localidade.

 

Emocionado, o pioneiro do bairro destacou: “É muito bom ver as máquinas trabalhando aqui. Aos poucos, as coisas vão melhorando e nos ajudando muito”, disse José Rodrigues, ao ver os servidores públicos trabalhando.

A ação faz parte do programa “Caminhos do Vale”, uma parceria da administração municipal com a Usiminas e a Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Aço (AMVA), com o objetivo de revitalizar as estradas não pavimentadas, principalmente em período de chuvas, com o aproveitamento de agregado siderúrgico, material produzido por meio de um processo de transformação a partir da escória da aciaria.

anderson lage

Somente no Pedra Branca, 300 toneladas de agregado siderúrgico da Usiminas foram aplicados

Segundo o secretário Adjunto de Obras, Anderson Lage, “por determinação do prefeito, nós estamos intensificando o trabalho de revitalização em diversas vias que servem à zona rural do município, especialmente neste período de chegada das chuvas. As atividades são de regularização de solo na estrada de terra, limpeza, escarificação, nivelamento do terreno e terraplanagem com o material siderúrgico.

“Trabalho idêntico ao que vem sendo executado no Pedra Branca já foi realizado também em outras estradas como do Taúbas, Tribuna, Ipaneminha e Ipanemão. O material vem sendo aplicado ainda em algumas vias de áreas urbanas”, enfatizou o secretário Adjunto.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Notícias Relacionadas

Leave a Comment