quarta-feira, maio 22, 2024
CidadesDestaques

Aperam lança Canal de Ouvidoria para melhorar a comunicação entre a empresa e os seus públicos

TIMÓTEO – Para estar cada vez mais próxima e acessível aos públicos com os quais se relaciona, a Aperam acaba de lançar o seu Canal de Ouvidoria. Diferentemente do Canal de Denúncias, que é focado em questões de compliance, ética e legalidade e seguirá funcionando normalmente, a Ouvidoria tem um escopo mais amplo e permitirá à empresa receber e tratar relatos (reclamações, dúvidas, elogios, sugestões etc) registrados pela comunidade, fornecedores, colaboradores e outros. A ferramenta já está disponível no website da Aperam (https://canalconfidencial.com.br/ouvidoriaaperam/).

“Nosso objetivo é que todos os públicos que se relacionam com a Aperam tenham um meio seguro e confiável para reportar críticas, reclamações, sugestões, elogios e solicitações referentes a quaisquer assuntos que envolvam a empresa”, afirma o Diretor Gente & Gestão, Responsabilidade Social e Inclusão & Diversidade, Rodrigo Heronville.

Segundo Heronville, a Ouvidoria vai permitir à empresa estar ainda mais próxima dos stakeholders. “Entendemos a importância de ouvir as pessoas impactadas pelo nosso negócio para implementarmos/ajustarmos ações e processos de modo a evoluir continuamente, sendo uma empresa cada dia melhor”, acrescenta o diretor.

Para fazer um relato, o usuário precisa acessar o site da empresa e clicar em

“Ouvidoria Aperam”. Na seção “realizar relato”, ele é convidado a destacar o ocorrido com a maior riqueza de detalhes possível. Ao final, receberá um número de protocolo para acompanhar as tratativas e eventuais mensagens enviadas pela empresa. O prazo para retorno varia de acordo com a complexidade de cada tratativa e pode chegar a 30 dias corridos. O autor do relato escolhe se quer se identificar ou não.

Heronville explica que as informações registradas serão recebidas por uma empresa independente e especializada, assegurando sigilo absoluto e o tratamento adequado de cada situação pela alta administração da Aperam, sem conflitos de interesses.

Ele esclarece ainda que a veracidade das informações providas é uma responsabilidade do autor do relato e que todas as mensagens registradas passarão por averiguação, com ações decorrentes sendo tomadas a critério exclusivo da Aperam.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *