domingo, julho 21, 2024
DestaquesSaúde

CONSURGE instala base descentralizada do Samu em Periquito

PERIQUITO – A terça-feira (23) foi de muita festa em Periquito! É que o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Área de Urgência e Emergência do Leste de Minas (CONSURGE), instalou uma base do Samu Regional na cidade. A base fica em um ponto estratégico, no centro, para assim, quando acionada, se deslocar com mais rapidez e socorrer a população.

Para o prefeito e presidente do CONSURGE, André Merlo, a instalação da base é resultado de um trabalho que vem sendo realizado desde 2015, pois, Governador Valadares já contava com o Samu, mas, sozinha, não conseguiria atender toda região em casos de urgência e emergência com a eficácia necessária. “Ter uma ambulância mais perto para este atendimento, é fundamental, pois saúde não pode esperar. Assim, ao ser acionado o 192, a pessoa é avaliada pela equipe médica, regulada e já, se necessário, encaminhada pela ambulância presente no município para o hospital certo”, destacou ele.

A secretária de Saúde de Periquito, Irany Benigna, ressaltou que a busca por melhorias nesta área tem sido uma constante e o CONSURGE tem sido parceiro do município. ”Hoje nós acolhemos essa equipe do Samu que tanto vai fazer por nós e por toda nossa região. Sabemos que ter este serviço vai salvar muitas vidas, é uma alegria imensa esse momento”, exclamou ela.

Segundo o prefeito de Periquito, José Flor, a instalação da base contribui para um atendimento mais rápido para as pessoas e, consequentemente, salvar vidas. “Temos hoje o privilégio de ter essa base para atender esses chamados. Essa é uma realização muito grande para nossa cidade e para a região para continuar trabalhando para salvar vidas”, finalizou ele.

Conheça o Samu Regional

O processo de descentralização das bases teve início em 2020 e ao final de todo processo serão 28 bases. Até o momento foram instaladas 21 bases descentralizadas, tendo como sedes Governador Valadares (PMAD) e Ipatinga (Corpo de Bombeiros). As bases funcionam 24h por dia e sete dias por semana. Contam com profissionais como, técnicos de enfermagem, condutores, socorristas.

O investimento em cada base é compartilhado. Os municípios ficam responsáveis pela parte estrutural e manutenção da base e do Consórcio entra com toda parte de recursos humanos, a mobília, o veículo (ambulância básica que gira em torno de 500 mil reais, com todos os insumos). O custo mensal estimado para manter uma base em funcionamento gira em torno de 60 mil reais.

Segue a relação das bases descentralizadas: Aimorés, Vermelho Novo, Mantena, Resplendor, Tarumirim, São João Evangelista, Santa Maria do Suaçuí, Peçanha, Caratinga, Belo Oriente, Coronel Fabriciano, Timóteo, Ipatinga, Dionísio, Virgolândia, Itanhomi, Mendes Pimentel, Santana do Paraíso, Antônio Dias, Sardoá e Periquito.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *