Prefeito Gustavo Nunes protocola na Câmara o PL de insalubridade para profissionais da linha de frente da covid-19

O prefeito Gustavo Nunes, o Secretário de Governo Roberto Soares e a Secretária adjunta da Saúde, Glennia Geane de Souza Louback, com os vereadores da Comissão de Saúde da Câmara, Fernando Rastze; Avelino Cruz e Daniel do Bem. 

IPATINGA –  Vereadores membros da Comissão Permanente de Saúde receberam, na tarde desta sexta-feira (26), o prefeito de Ipatinga Gustavo Nunes, que veio protocolar, na Secretaria Geral da Casa, projeto de lei que dispõe sobre o pagamento adicional de insalubridade aos servidores públicos municipais da área de saúde, em atendimento direto ao enfrentamento da covid-19. Conforme a proposta, o servidor que já fizer jus a adicional de periculosidade deverá optar por um deles, sendo vedado o recebimento cumulativo.

O prefeito explicou que este adicional durará enquanto durar o estado de calamidade pública decorrente da pandemia do coronavírus.

Para o presidente da Comissão de Saúde, Daniel Guedes a iniciativa faz justiça aqueles que têm se dedicado tanto ao combate à doença. “Devemos estar permanentemente unidos, em defesa da vida e a favor de todas as ações que valorizem os profissionais da saúde”, disse Daniel do Bem.

Como o projeto é regime de urgência, a Câmara deve convocar para os próximos dias reunião ordinária para a aprovação da proposta. “Os profissionais que serão beneficiados podem contar conosco que iremos aprovar este PL o mais rápido possível”, afirmou o presidente da Casa, Toninho Felipe.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *