EDITAL DOCE MG RECEBE MAIS DE 550 INSCRIÇÕES DE PROJETOS

Redação – A Fundação Renova recebeu mais de 550 inscrições no Edital Doce MG. As inscrições começaram em 25 de setembro e foram encerradas no dia 8 de novembro. O objetivo do Edital é promover a melhoria da qualidade de vida da população das áreas atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana e destinará até 9 milhões de reais para o apoio a iniciativas sociais nas áreas de cultura, turismo, esporte e lazer. Todos os 36 municípios mineiros previstos no edital tiveram projetos inscritos.

Das 561 propostas recebidas, 476 estão dentro do eixo Cultura, Esporte e Lazer, e 85 pertencem ao eixo Turismo. Agora, começa a fase de análise técnica dos projetos inscritos, que avaliará a adequação da proposta aos critérios definidos na Matriz de Avaliação do edital. Os projetos classificados nessa etapa passarão para a fase de análise da documentação exigida. A relação dos projeto aprovados está prevista para ser divulgada em março de 2020.

As ações fomentadas devem envolver atividades voltadas para a população, e os projetos devem ser executados em até 12 meses. Há um limite no orçamento de até R$ 25 mil por pessoa física ou grupo informal, e de até R$ 200 mil para as outras modalidades.

Sete municípios receberam oficinas sobre o Edital, nos quais a população também pôde esclarecer suas dúvidas. Encontros em Mariana, Ipatinga, Rio Doce, Governador Valadares, Rio Casca, Resplendor e Timóteo movimentaram a região ao longo do mês de outubro.

Representatividade

Felipe Moura de Andrade, coordenador de Educação, Cultura e Turismo da Fundação Renova, chama atenção para o número de projetos inscritos no Edital, que superou as expectativas. “Outro ponto importante é que todos os municípios submeteram propostas. Com essa representatividade, o Edital começa, efetivamente, a cumprir um de seus papéis. Ele é uma ferramenta para fazer com que os recursos cheguem aos municípios, a fim de permitir o desenvolvimento de projetos voltados para a coletividade e melhoria da qualidade de vida dos territórios”, avalia.

O Edital Doce MG abrange os seguintes municípios: Aimorés, Alpercata, Barra Longa, Belo Oriente, Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Conselheiro Pena, Córrego Novo, Dionísio, Fernandes Tourinho, Galileia, Governador Valadares, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Itueta, Mariana, Marliéria, Naque, Periquito, Pingo D’Água, Ponte Nova, Raul Soares, Resplendor, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Sem Peixe, Sobrália, Timóteo e Tumiritinga.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *