PMI capacita servidores sobre Leishmaniose e Coronavírus

Ipatinga – Por iniciativa da Secretaria de Saúde, a Prefeitura de Ipatinga realizou na tarde destas terça (11) e quarta-feira (12), no auditório do Hospital Municipal Eliane Martins, uma capacitação sobre Leishmaniose para profissionais da área. Médicos e também enfermeiros receberam orientações transmitidas pela infectologista Carmelinda Lobato, da Vigilância Epidemiológica. A coordenação do evento aproveitou o momento para colocar em pauta outro tema bastante em evidência, aprofundando o debate sobre os cuidados relacionados ao Coronavírus.

A médica Carmelinda Lobato explica que a Leishmaniose é um problema de saúde pública que apresenta um quadro considerado de alta incidência no município, resultando até mesmo em óbitos. Capacitações como essa têm o objetivo de diminuir em 50% o número de casos da doença na cidade até 2022.

“Se o paciente estiver apresentando um quadro de febre, fraqueza e cansaço por mais de dez dias – detalha a infectologista –, ele deve procurar imediatamente a Unidade de Saúde, porque há sinais de Leishmaniose Visceral. Em relação à Leishmaniose Cutânea, se o paciente apresenta uma ferida com duração de mais de 15 dias ele também deve procurar a Unidade de Saúde”, acrescenta.

Já sobre o Coronavírus, não há nenhum caso confirmado ou de suspeita da doença na cidade. No entanto, Carmelinda faz um alerta para aqueles que eventualmente tenham vindo da China: devem ficar atentos aos possíveis sinais. “É importante que a população seja completamente sincera ao informar para a equipe médica sobre os sintomas e caso tenha viajado recentemente para o país asiático”.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *