segunda-feira, março 4, 2024
DestaquesSaúde

Timóteo realizou segundo LIRA’a do ano. A infestação caiu de 6,5% para 4,3%

Timóteo – A Secretaria de Saúde e Qualidade de Vida de Timóteo concluiu a segunda pesquisa dos índices de infestação do mosquito Aedes aegypti de 2019. O resultado do Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRA’a) atingiu 4,3% de infestação predial.

Esta segunda pesquisa apontou resultado menor do que o primeiro (6,5%), considerado situação de risco de epidemia. De acordo com o coordenador do Departamento de Zoonoses, Carlos Alberto dos Santos, atribui-se a menor incidência de larvas do mosquito ao período de ausência de chuvas. Mas o resultado não é satisfatório, uma vez que o maior número de criadouros encontrados estão dentro dos domicílios visitados. “Devido ao desabastecimento de água em alguns bairros do município, muitos focos foram encontrados em tambores, caixas d’água no chão e outros recipientes onde os munícipes armazenam água”, explicou Santos.

Os seis bairros com maior índice de infestação são: João XXIII, Bela Vista, Ferroviários, Ana Rita (Ocupação), Alvorada I e Jardim Vitória. Ao todo, foram visitados 939 domicílios, trabalho realizado por 38 agentes de combates a endemias em campo.    

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *