Presidente da Usiminas encerra congresso do aço apostando na retomada da economia brasileira

Ipatinga – O Congresso Aço Brasil 2019, encerrado ontem, em Brasília (DF), teve um tom de otimismo, marcado pela confiança da indústria brasileira na retomada do crescimento econômico. No painel de encerramento do evento, “O Futuro da Indústria Brasileira do Aço – A Visão dos CEOs”, o presidente da Usiminas, Sergio Leite, também presidente do Conselho Diretor do Instituto Aço Brasil, afirmou que uma das principais alavancas para o futuro da indústria do aço é a volta do País à rota de crescimento. “Recentemente, passamos por uma recessão que vai ficar marcada para sempre na nossa história. A boa notícia é que o mercado projeta uma recuperação. Devemos voltar ao patamar pré-crise ao final do ano de 2021”, afirmou. Para o executivo, as reformas, especialmente a Trabalhista e a Previdenciária (já no Senado), além da Medida Provisória da Liberdade Econômica (MP 881/19), em fase de aprovação, e a expectativa das privatizações são um sinal importante desta retomada.

O Congresso Aço Brasil 2019, principal encontro do setor, foi realizado nos dias 20 e 21 de agosto e contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro no painel de honra do evento, quando comentou as medidas que vêm sendo adotadas pelo governo para contribuir com o aumento da competitividade da indústria brasileira. Os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Almirante Bento Albuquerque (Minas e Energia) participaram do congresso enfatizando a ampliação da parceria privada na estruturação do País. O encontro contou com a participação, também, de nomes como José Velloso Dias Cardoso, representante da Coalizão Indústria e presidente executivo da Abimaq, e do especialista em segurança Shakeel H. Kadri, que, em conferência especial, abordou a importância da gestão operacional de risco.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *