Moradores reclamam falta de água no Pomar, em Fabriciano

Fabriciano – Em nova intervenção em defesa dos consumidores, o vereador Marcos da Luz (PT) notificou outra vez a direção da Copasa em razão do desabastecimento de água, agora no condomínio Residencial Pomar, no bairro de mesmo nome, no Caladinho do Meio.

Segundo o parlamentar, ele recebeu reclamações de diversos moradores daquela localidade. Depois de ir no local nesta quinta-feira (24), o mesmo acionou a imprensa e pediu que a procuradoria da Câmara Municipal estude uma ação judicial contra a concessionária. Também está sendo planejado uma manifestação na agência da Copasa.

No local existem 05 prédios com 16 apartamentos cada. “São 80 famílias, com várias pessoas idosas, gestantes e crianças, já há vários dias sem água da Copasa. Um absurdo! Sendo que o abastecimento de água é um direito básico de consumo essencial, do qual os cidadãos não podem prescindir”, enfatiza Da Luz.

Entre os reclamantes estão as consumidoras Sebastiana Vieira Araújo e Raquel Machado, atual síndica do condomínio. Além da falta de água, devido ao volume reduzido que chega ao local, os moradores afirmam que falta pressão na rede de abastecimento, o que faz com que circule ar no hidrômetro e eleve o valor da fatura.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *