Minuta do Plano Diretor da RMVA é discutida em Timóteo

Timóteo – A Agência da Região Metropolitana do Vale do Aço (ARMVA) apresentou a representantes das secretarias de Planejamento, Obras, Desenvolvimento Econômico e Governo da Prefeitura de Timóteo a minuta do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da RMVA, que deverá ser transformado em lei para ter validade. A apresentação foi realizada na tarde desta quinta-feira, 01, na sala de reuniões do Gabinete do Prefeito, pelo diretor geral da Agência, João Luiz Teixeira Andrade, e gerente de Planejamento Metropolitano, Cauã Lana.

O município de Timóteo foi a primeira cidade a conhecer a minuta, que também será apresentada e discutida com as demais prefeituras da região (Ipatinga, Coronel Fabriciano e Santana do Paraíso) e sociedade. “A elaboração está na fase de gestão compartilhada com os órgãos públicos e de consultas públicas. Vamos receber todo o material e teremos 30 dias para avaliar e fazer eventuais sugestões”, explicou o secretário de Obras, Serviços Urbanos, Habitação e Mobilidade, Sérgio Martins, informando que o município deverá formar uma comissão interna para desenvolver este trabalho.

Presente à reunião, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Hiller Félix, destacou a importância da estruturação de um planejamento integrado. “Através do PDDI, serão estabelecidas diretrizes para incentivar o desenvolvimento industrial, comercial e a área de turismo entre outras áreas prioritárias”, destacou.

O PDDI é um plano de médio e longo prazo que dura dez anos referente ao planejamento territorial dos municípios de Timóteo, Coronel Fabriciano, Ipatinga e Santana do Paraíso, que traz diretrizes sobre três eixos temáticos: Desenvolvimento Institucional; Desenvolvimento Urbano e Ambiental; Desenvolvimento Social e Econômico. A primeira fase da elaboração da minuta compreendeu a etapa de alinhamento interno da equipe da Agência com a revisão do estudo sobre o Plano Diretor para sua formatação em projeto lei.

O projeto de elaboração do PDDI encontra-se na segunda fase, a compreendendo a apresentação da metodologia da revisão e a minuta do documento para as prefeituras, abrindo à apreciação e às contribuições dos municípios.  “Nesta etapa de consulta pública, vamos ouvir os secretários e técnicos da prefeituras e a sociedade do Vale do Aço em diversos instantes ao longo do segundo semestre. O trabalho servirá para alterar ou incluir propostas que atendam as demandas de cada município”, informou João Andrade.

A construção da minuta do PDDI , a ser votada na Assembleia Legislativa, deverá ser concluída em novembro, quando será realizada a Conferência  Metropolitana organizada pela Agência da RMVA.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *