MEDIDAS DO GOVERNO PODEM AJUDAR A GERAR ATÉ 150 EMPREGOS DIRETOS PARA O VALE DO AÇO

Redação – Em reunião nesta quinta feira (05/09) na Secretaria da Fazenda de Minas Gerais, empresários da cadeia do aço, foram recebidos pelo Secretário Gustavo de Oliveira Barbosa, o Superintendente de Tributação Marcelo Hipólito Rodrigues e o Sub Secretário da Receita Estadual Osvaldo Scavazza, por solicitação do Deputado Celinho Sintrocel.

Na reunião as empresas ACT Steel representada pelo empresário Paulo Graminha, do estado do Paraná e os empresários Pedro Roberto e Hugo Rodrigues,  da Aços União,  do estado de São Paulo apresentaram ao Governo de Minas suas possibilidades de instalação e diversificação das suas plantas empresariais no Vale do Aço.

As duas empresas trabalham com o beneficiamento do aço produzido em nossa região e solicitaram ao Governo de Minas informações sobre tributação diferenciada e as possibilidades de se aplicarem a essas empresas. Juntas podem gerar mais de meio milhão de reais em impostos para Minas Gerais anualmente e o mais importante, quase 150 novos empregos em médio prazo na região do Vale do Aço.

O Superintendente de Tributação Marcelo Rodrigues apresentou o histórico de uma ousada política tributária mineira, que segundo ele, desde 2012 vem atraindo empresas e trading para o estado, e saudou a iniciativa dos empresários paulistas e paranaenses em trabalhar em Minas.

Para o Secretário de Estado da Fazenda Gustavo de Oliveira Barbosa,  Minas Gerais ocupa uma posição geograficamente estratégica, principalmente na cadeia do aço e desde que protegendo a indústria mineira, todas as medidas para gerar emprego no estado são bem vindas.

Para o deputado Celinho a geração de empregos é uma obsessão de seu mandato. “todas as iniciativas que gerarem postos de trabalho em Minas e, em especial do Vale do Aço, contará com o seu apoio” disse o Deputado.

Ao final da reunião a Secretaria fixou o prazo de 15 de Setembro para responder às reivindicações das empresas.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *