Acabou a folga: O ano para os 1.600 alunos do Programa Humanizar começou nesta segunda-feira

TIMÓTEO – A segunda-feira (25) marcou o retorno das aulas do Programa Humanizar, que abrange quinze núcleos espalhados nas regionais do município. Vinculado à Secretaria de Educação e Cultura, o programa é voltado para a terceira idade.  De forma afetuosa, os professores do Humanizar deram as boas-vindas aos 1.600 participantes, priorizando as dinâmicas de grupos e as atividades de alongamento e ginástica.

“O primeiro dia sempre é muito especial e merece uma recepção calorosa. É um momento de confraternização e de trabalho, no qual apresentamos os profissionais e o cronograma de atividades de cada núcleo”, explica Lilian Sperancini, coordenadora do programa. De acordo com ela, os alunos chegaram com muita energia e alegria, bem dispostos para “malhar”, e com expectativas positivas sobre o trabalho a ser desenvolvido este ano.

A aluna Vânia Maria Martins Ramos, de 55 anos, moradora do Primavera, frequenta o programa há onze anos e elogia a qualidade das aulas. “Os professores são muito profissionais e bastante atenciosos com os alunos”, assinala.  Há 15 anos atuando como professora de Educação Física do Humanizar, Syntyan Gonçalves Soares, explica que, com as atividades físicas, as pessoas da terceira idade passam a ter maior autonomia na rotina diária, pois adquirem mais equilíbrio, força e resistência.

O programa atende pessoas a partir de 50 anos, proporcionando atividades físicas, educativas, culturais e de lazer, visando o bem estar físico, social e emocional dos participantes. As aulas acontecem de segunda a quinta, no período da manhã, tarde e noite. Além das atividades de rotina, os alunos participam de mostras e eventos culturais.  Às sextas-feiras, os profissionais do programa têm encontros pedagógicos, com a finalidade de planejar e estruturar as atividades. 

A moradora do Santa Cecília, Enedina dos Santos, de 74 anos, participa do Humanizar desde a sua implantação há 27 anos, fazendo aulas de atividades físicas, bordado e artesanato. “Sentimos muita falta do programa nas férias. O Humanizar é bom demais da conta. Aqui a gente arruma outra família, é todo mundo junto, unido, alegre”, comenta dona Enedina.

Os núcleos do Humanizar estão localizados nos bairros São José, Primavera, Cachoeira do Vale, Petrópolis, Ana Moura, Novo Tempo, Alvorada, Macuco, Limoeiro, Alphaville, Alegre, Santa Maria, Vale Verde e no Sodalício Tio Questor e Associação dos Técnicos Industriais de Timóteo. Os participantes têm aulas de dança, ginástica, alongamento, hidroginástica, natação, coral e artesanato. O Humanizar promove eventos sociais, passeios e Mostra Cultural.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *