Moradores reclamam da falta de água em Timóteo

TIMÓTEO – Moradores da cidade de Timóteo reclamam de transtornos causados pela falta de fornecimento de água há mais de 10 dias em diversas localidades. Eles contam que quando aparece água, precisam armazenar o líquido em galões e baldes para as necessidades básicas. É o caso de uma família na Avenida Uruguai, no Bairro Santa Cecília, que possui uma pessoa acamada. A família cansou de tanto ligar para a Copasa. A saída foi contar com a ajuda de vizinhos que possuem cisternas.

Bairros afetados: Alegre, Alvorada, Ana Moura, Ana Rita, Bela Vista, Nova Esperança, Bromélias, Caçador, Centro, Colinas, Coqueiro, Cruzeirinho, Eldorado, Funcionários, Garapa, João XXXII, John Kennedy, Nossa Senhora das Graças, Novo Horizonte, Novo Tempo, Olaria, Primavera, Quitandinha, Santa Cecilia, Santa Maria, Santa Terezinha, São Cristóvão, São José, Serenata, Timirim, Timotinho, Vale Verde, Vila dos Técnicos, Ana Malaquias, Centro Sul, Bandeirantes e Jardim Primavera.

O aposentado João Oliveira, morador do Bairro Ana Rita,  precisa comprar galões de água mineral todos os dias. Ele diz que procura a Copasa, mas não obtém resposta sobre o retorno do fornecimento. “Dizem que ninguém ligou e procurou. Uma desculpa que não convence ninguém”, reclama.

A dona de casa Juraci dos Anjos, Bairro Bela Vista, diz que precisou comprar uma caixa d’água com capacidade para 1.000 litros. Disse que o caminhão pipa da Prefeitura apareceu e encheu as caixas. Ela ainda guarda água em três baldes para abastecer a família.

Os moradores dizem que já entraram em contato com a Copasa, várias vezes, mas até agora não foram informados de quando o problema vai ser resolvido.

COPASA

A Copasa informa que o abastecimento em alguns bairros de Timóteo foi interrompido emergencialmente nesta segunda-feira (15/10) para manutenção na rede. A previsão era que o fornecimento de água viesse ser normalizado, de forma gradativa, no decorrer da madrugada de terça-feira (16).

 

 

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *