Em Fabriciano, família do Bairro São Geraldo denuncia descaso com paciente acamado. Veja o vídeo feito pela família

FABRICIANO (Fotos PCReis) – Uma família de Coronel Fabriciano, no Bairro São Geraldo, Rua 4, 106, denuncia o descaso da Secretaria Municipal de Saúde no atendimento do aposentado José Gonçalves Ferreira, de 70 anos, acamado há quatro meses e com muitos ferimentos. A família denunciou que ao permanecer internado no Hospital José Maria Morais, o paciente voltou para casa com diversos ferimentos pelo corpo.

A família afirma está comprando todo o material e medicamentos

Geraldina Gonçalves Ferreira, uma das quatro filhas do aposentado José Geraldo Gonçalves, que também ajuda no cuidado ao idoso, em entrevista exclusiva ao JBN, disse que todos os familiares e vizinhos estão revoltados com o descaso da Secretaria Municipal de Saúde do município de Coronel Fabriciano, no que diz respeito à assistência ao paciente. A família afirmou que a Equipe de Saúde da Família (ESF) não visita o paciente que está traqueostomizado e que necessita de muitos cuidados e orientações.

Em 2015, o posto de saúde do Bairro Floresta em Coronel Fabriciano (MG) foi alvo de protesto. O local foi pichado com frases que pediam melhorias no atendimento do posto.

Segundo Geraldina, tudo que procura no posto médico não tem. Ela conta que até a gaze para fazer os curativos está sendo comprada, porque no Posto Médico do Bairro Floresta também não tem. A mesma negativa, conforme afirma Geraldina, também é dada para medicamentos de uso rotineiro. “Toda receita que levamos ao posto, recebemos a informação de que não tem medicamentos. Se não fosse a união da nossa família, ajuda de amigos e o salário da aposentadoria dele (pai), certamente já teria falecido”, garante a filha do idoso, que relata gastos de R$ 31,00 por dia com a dieta especial, R$ 80,00 do aluguel do aparelho de aspirar liquido, R$ 11,00 só de gaze por dia para os curativos e cerca de R$ 400,00 da conta de luz, devido ao aparelho de oxigênio que permanece ligado 24h. “Estamos comprando até pomada, porque o posto não fornece”, relata.

O vídeo foi feito pela família e autorizado a publicação no JBN. Por conter imagens fortes, a editoria do JBN decidiu por tampar com tarjas brancas os ferimentos no corpo do paciente.

“Após alta hospitalar, pedimos no Posto de Saúde que uma enfermeira viesse aqui – na nossa casa – fazer um atendimento solicitado pelo médico, fomos informadas que não tinha carro para o transporte do profissional”, contou Geraldina, informando que antes da última internação do aposentado uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde chegou a fazer uma visita, mas que depois disso, dois meses se passaram, nunca mais voltaram. “Nossa luta é diária. Nosso pai merece o nosso sacrifício, mas os governantes da cidade poderiam nos dá um amparo”, reclamou.

NOTA DA PREFEITURA

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa sobre a denúncia feita ao Jornal Bairros Net, de uma possível falta de atendimento a um morador do Bairro São Geraldo.

A Prefeitura de Coronel Fabriciano afirma que denúncia é falsa e se coloca a disposição para divulgar todos os documentos que confirmam que o paciente possui todos os medicamentos e materiais necessários para tratamento e tem garantida a visita domiciliar com enfermeiros e médicos. Quando há falta de medicamentos ou materiais, o paciente recebe a orientação da equipe de enfermagem, que os mesmos serão entregues assim que estiverem disponíveis na Unidade Básica de Saúde.

Segundo a Chefe de Unidade do bairro Floresta, o paciente é traqueostomizado e precisa de cuidados paliativos, ou seja, de uma assistência oferecida a pacientes que possui doenças que não tem cura. Portanto, os cuidados devem ser oferecidos pela Equipe de Saúde da Família (ESF) e pela família, que já foi orientada sobre quais cuidados o paciente necessita, uma vez que, as visitas feitas pelos enfermeiros e médicos não são diárias.

 

 

 

Compartilhe em suas redes sociais

One thought on “Em Fabriciano, família do Bairro São Geraldo denuncia descaso com paciente acamado. Veja o vídeo feito pela família

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *