Câmaras de Timóteo e Fabriciano estão fechadas até o dia 3 de junho devido ao desabastecimento

TIMÓTEO – Os presidentes das Câmaras Municipais de Timóteo, Luiz Perdigão e Coronel Fabriciano, Luciano Lugão, assinaram portarias decretando ponto facultativo nos Legislativos a partir desta segunda-feira (28), até o dia 1º de junho. O motivo alegado pelos presidentes é o desabastecimento de combustível decorrente da paralisação dos caminhoneiros, que completou oito dias nesta segunda-feira. Os dois parlamentos acompanharam as definições  do TCE e Governo de Minas. A retomada das atividades acontecem no dia 4 de junho.

 

Segundo informou Luciano Lugão, vários servidores da Câmara residem em bairros distantes e até em cidades vizinhas. “Nesta segunda-feira, vários deles tiveram dificuldades para chegar ao trabalho. Até mesmo os ônibus que atendem os bairros estão com os horários reduzidos. Mesmo que a paralisação termine, é muito difícil que tudo volte ao normal ainda neste resto de semana”, disse Luciano Lugão.

 

Tanto na Câmara de Timóteo, quanto na Câmara de Fabriciano, os Centros de Atenção ao Cidadão (CAC), que prestam diversos serviços à população, como agendamentos previdenciários e assistência jurídica, também não funcionarão.

 

A sessão Ordinária da Câmara de Fabriciano que deveria ser realizada nesta terça-feira também está suspensa por força da portaria editada. Já a sessão Ordinária da Câmara de Timóteo, será realizada dentro da normalidade no próximo dia 4 junho.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *