Oficinas facilitam introdução de jovens no mercado de trabalho

IPATINGA – Um grupo de adolescentes e jovens de Ipatinga, com idades entre 14 e 24 anos, participou na última quinta-feira (1) de uma oficina de preparação para inclusão no mercado de trabalho, denominada “A bola da vez”. Terceiro do gênero já realizado pelo atual governo, mas o primeiro deste ano, o encontro aconteceu na Estação Qualifica, no Centro, e foi proporcionado pela Seção de Inclusão Produtiva, ligada à Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS).

oficina Assistência social

A ação é uma das estratégias da administração municipal para valorização da juventude. De acordo com a gerente da Seção de Inclusão Produtiva, Arli Germana da Silva Schuchter, além destas oficinas a Secretaria de Assistência Social mantém uma parceria com a Seção de Indústria e Comércio, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, que proporciona aos jovens que participam dos trabalhos a expedição da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

Jovem Aprendiz

Ainda conforme Arli, a Seção de Inclusão Produtiva também mantém contato com algumas empresas da região que buscam adolescentes revelados no programa Jovem Aprendiz. Esse esforço para inserção dos jovens no mercado de trabalho faz parte do Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho – (Acessuas Trabalho), que busca contribuir para a autonomia das famílias usuárias da Política de Assistência Social.

As oficinas são acompanhadas pela psicóloga da Seção de Inclusão Produtiva, Luciane de Barros Martins, que promove ainda dinâmicas com eixos para identificar e provocar o desenvolvimento de habilidades pessoais dos adolescentes.

A bola da vez

Interessados em participar das oficinas devem buscar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência, para que aja o encaminhamento à Seção de Inclusão Produtiva.

É importante salientar que a oficina faz parte de um conjunto de ações de articulação de políticas públicas e de mobilização, encaminhamento e acompanhamento de pessoas em situação de vulnerabilidade ou risco social para acesso a oportunidades, orienta a Secretaria de Assistência Social. Ou seja, as ações são para usuários de serviços, projetos e programas de transferência de renda socioassistenciais.

Vagas

Para os jovens participarem, suas famílias devem estar inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). Segundo a gerente da Seção de Inclusão Produtiva, existe uma lista de espera e são atendidos 40 jovens por vez.

Para saber se há disponibilidade de vagas o candidato deve ligar para a Seção de Inclusão Produtiva, telefone 3829-8062.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *