Educação Ambiental é ampliada em Fabriciano. Coleta Seletiva ganha mais espaço

FABRICIANO – A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, inicia semana que vem o projeto de coleta seletiva na Avenida Magalhães Pinto, um dos principais corredores comerciais e de ligação entre o Centro e o Distrito do Melo Viana. O caminhão de coleta passará todas as segundas, quartas e sextas-feiras, das 16h às 18h. O público alvo inicial são os empresários instalados ao longo da via. As orientações sobre a educação ambiental e a separação dos resíduos sólidos recicláveis serão reforçadas junto aos comércios e comunidade do entorno. Hoje, a coleta seletiva com o suporte do caminhão é feito semanalmente no Amaro Lanari e em eventos. Nos demais pontos, o trabalho é realizado diretamente pelos associados.

O projeto integra as políticas públicas ambientais da atual administração municipal, além de promover a conscientização ambiental, e visa incluir socialmente famílias envolvidas no processo, gerando renda para os associados da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis do Vale do Aço (Coopcava). Nesta terça-feira (21), o secretário de Governança do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura, Leandro Xingó – Xingozinho, reuniu-se com o presidente da Coopcava, Job Vicente, a técnica ambiental da Vina, Paloma Oliveira, e associados, para acertar o calendário de coleta, que começa na segunda-feira (5).  A Associação Comercial e a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Coronel Fabriciano (Acicel/CDL) também são parceiras do projeto.

O secretário Leandro Xingó explica que a iniciativa vai garantir melhores condições de trabalho, organizar e ampliar o serviço que é feito em alguns pontos da cidade. “A implantação deste serviço é uma determinação do prefeito Dr. Marcos Vinicius. Vamos diminuir o volume de lixo enviado para o aterro, minimizar o impacto ambiental, gerar emprego e renda e trazer mais qualidade de vida para nossa população, mas a coleta seletiva só funciona quando a sociedade adere à causa e colabora com o serviço, que é benéfico para todos”, salienta Xingozinho.

O QUE SERÁ COLETADO?

Plástico, papelão, papéis em geral, alumínio, latinhas de refrigerante, ferro e garrafas PET, são considerados materiais recicláveis e, portanto, serão recolhidos pela Coopcava. Para aderir à coleta seletiva, basta separá-los em sacos ou caixas à parte do lixo molhado, como material orgânico, restos de alimentos e de higiene doméstica (papel higiênico, guardanapos etc). Também é imprescindível que os recicláveis sejam colocados para fora do comércio nos dias e horários programados do caminhão. Outra orientação importante é que serão recolhidos os materiais deixados nas calçadas, e não no canteiro central da avenida. Já o calendário de coleta de lixo comum na avenida Magalhães Pinto e área comercial continua o mesmo: diariamente às 9h e às 19h.

CENTRO DE TRIAGEM

Em Coronel Fabriciano, são recolhidas em torno de 60 toneladas de resíduos por dia com a coleta de lixo normal, sendo que 30% deste material poderia ser reciclado. Os dados são da Vina, empresa responsável pela coleta de lixo doméstico, varrição e capina no município. Desde junho do ano passado, a Coopcava conta com um centro de triagem, no bairro Bom Jesus. Hoje são 14 associados e a cooperativa, separa e revende em média oito toneladas de material por mês, embora, a capacidade instalada seja de um volume muito maior.

SERVIÇO

Coopcava (Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis da Região Metropolitana do Vale do Aço)
Avenida Tancredo de Almeida Neves, nº 2.205 – Bom Jesus
Contatos: 9.87073630 (Job Vicente) ou 9.8666-9676 (Maria José)

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *