quarta-feira, maio 22, 2024
DestaquesMeio Ambiente

38ª edição do Projeto Xerimbabo Usiminas encerra com a presença de mais de 11 mil visitantes

IPATINGA –  A 38ª edição do Projeto Xerimbabo Usiminas contou com a participação de mais de 11 mil visitantes, incluindo estudantes de 105 instituições de ensino, entre a comunidade e escolas de 31 municípios de Minas Gerais. As portas do Centro de Biodiversidade da Usipa (Cebus) estiveram abertas entre 18 de outubro a 11 de novembro com novos recursos e propostas para envolver e conscientizar o público sobre a importância da preservação e respeito ao meio ambiente.

Neste ano, uma atração especial foi o espetáculo “A Máquina do Tempo”, realizado pelo projeto Ciclo Cênicos – Arte em Movimento, que conta com patrocínio da Usiminas via Lei de Incentivo à Cultura. Além disso, os participantes tiveram a oportunidade de fazer oficinas artísticas e explorar o centro de reabilitação de animais do Cebus, enriquecendo ainda mais a experiência.

Talyta Mourão Santos, professora da Escola Estadual Engenheiro Amaro Lanari Júnior, de Ipatinga, marca presença no Xerimbabo todos os anos, sempre que consegue conciliar as visitas ao projeto de Educação Ambiental com as aulas. Nesta edição, ela levou uma turma de 45 alunos, com idade entre 15 e 17 anos. “É sempre bom ter contato com a natureza e cultura. A alegria dos meus alunos durante a visita é muito boa de ver. Eles dispersam com facilidade, contar com atividades mais lúdicas, maquete, teatro pelo percurso os envolve ainda mais com o tema”, comentou.

André Chaves, diretor de Sustentabilidade e Relações Institucionais da Usiminas, destaca a importância desta iniciativa que promove aprendizado e contribui para o avanço da cultura de cuidado com o meio ambiente. “Esta mudança é motivada por experiências e reflexões como o Projeto Xerimbabo, da atitude pessoal no dia a dia e passa também por iniciativas e investimentos crescentes da Usiminas para reduzir os impactos ambientais de suas operações e ser uma boa vizinha para a comunidade próxima,” lembra.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *