Redução da poluição na Regional Leste em Timóteo, é tema de debate na FEAM em BH

TIMÓTEO – A Prefeitura de Timóteo, por meio da Subsecretaria de Meio Ambiente, participou de encontro com o presidente da Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM), Renato Teixeira Brandão, para dar continuidade às ações conjuntas visando minimizar a poluição ambiental na Regional Leste do município. Agendado pela Câmara Municipal de Timóteo, a reunião foi realizada na quarta-feira (09), na sede da Cidade Administrativa em Belo Horizonte, e contou com a presença dos vereadores Adriano Costa Alvarenga e Fabiano Ferreira, dos ex-vereadores Fábio Campos (o Binha) e Alexandre Maria e da subsecretária de Meio Ambiente, Lucília Moraes.

O encontro objetivou alinhar com o presidente da FEAM as ações conjuntas para promoção da fiscalização e licenciamento das empresas instaladas no Distrito Industrial, localizado na Regional Leste. Os representantes de Timóteo ainda reiteram a necessidade de elaboração de estudo de dispersão atmosférica na localidade.

“Com o resultado, poderemos ter a definição de equipamentos que possibilitarão a fiscalização e orientação das empresas existentes na regional e os eventuais novos empreendimentos sobre medidas eficazes para minimizar os impactos ambientais”, comenta Lucília Moraes. Em maio, foram definidas ações para a redução da poluição ambiental na regional que incluem, além da necessidade do estudo, a intensificação da fiscalização, cooperação entre o município de Timóteo e a FEAM para análise dos processos de Licenciamento e Fiscalização destes empreendimentos.

Estudo

O Estudo de Dispersão Atmosférica (EDA) é um modelo matemático que simula o fenômeno de dispersão dos poluentes locais na atmosfera. Essa simulação requer o uso de softwares específicos para realizar as iterações necessárias. A modelagem permite estimar o comportamento dos poluentes na atmosfera, sendo a informação de interesse desse estudo as concentrações dos poluentes ao nível do solo, indicando os potenciais impactos na qualidade do ar para a população, assim como a fauna e a flora, sendo uma ferramenta importante para prever os potenciais impactos da implantação de um empreendimento para o entorno.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *