Romeu Zema faz alerta para evitar aglomeração durante o feriado de Corpus Christi

REDAÇÃO – O governador Romeu Zema e o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, fizeram um alerta à população mineira sobre a importância de se evitar aglomerações durante o feriado de Corpus Christi nesta semana, além de reforçar as medidas de prevenção contra a covid-19, com uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social.

Os dois cumpriram agendas de trabalho na região Sul de Minas, onde inauguraram leitos de UTI para tratamento da covid. A macrorregião Sul passa pelo pior momento da pandemia, com escalada na incidência e sobrecarga no sistema de saúde. O estado também sofre com o aumento da doença. Somente nesta quarta-feira (2/6), foram confirmados mais de 15 mil novos casos.

Zema ressaltou que, apesar do esforço do Governo de Minas para preparação e ampliação da capacidade de atendimento hospitalar, a população deve fazer a sua parte contribuindo com as medidas de prevenção. Desde fevereiro de 2020, início da pandemia, o governo conseguiu ampliar em mais de 130% o número de leitos de UTI, passando de 2.072 para mais de 4.800. Já os leitos de enfermaria tiveram crescimento de mais de 80%. Em fevereiro do ano passado eram 11.625 unidades, atualmente são mais de 21 mil.

“Vamos tomar todos os cuidados, pois este é um momento de extrema cautela, em que devemos usar máscara, manter o distanciamento social e a higienização das mãos. Sem isso, não há sistema de saúde que sustente um atendimento adequado para a população”, afirmou o governador.

“Somente hoje (2/6) foram confirmados mais de 15 mil novos casos da doença no estado. É um número muito elevado, mostrando que, daqui a pouco, esses 15 mil casos, parte deles, estarão batendo na porta dos hospitais. Destaco que estamos na véspera de um feriado longo, então temos que frisar que o momento é muito delicado. Temos que redobrar os cuidados, porque o vírus está circulando com muita velocidade. Todo mundo deve fazer a sua parte. Temos um papel mais do que individual, é coletivo. É o momento de repassar a todos que não é hora de aglomerar, receber visitas ou frequentar festas”, afirmou Fábio Baccheretti.

Força-tarefa

O secretário lembrou que o Estado também vem fazendo a sua parte, reforçando as campanhas de conscientização e trabalhando para abrir novos leitos de UTI e enfermaria.

Uma força-tarefa da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) tem atuado ativamente, principalmente nas regiões que se encontram na onda vermelha do plano Minas Consciente, com visitas de profissionais do governo mineiro para dar apoio técnico aos gestores municipais e hospitalares, avaliando fluxos assistenciais, plano de ação e preparando o sistema de saúde.

As equipes também têm trabalhado com o objetivo de mitigar os cenários desfavoráveis, trabalhando para o aumento da disponibilidade de vagas de tratamento intensivo, além de realizar a transferência de pacientes de regiões mais sobrecarregadas e intensificar as campanhas de conscientização.

 

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *