sábado, março 2, 2024
DestaquesPolícia

GAECO cumpriu 12 mandados de busca apreensão em Santa Luzia, BH, Ipatinga e Fabriciano

IPATINGA – O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Santa Luzia e do Grupo Especial de Promotores e Procuradores de Justiça de Defesa da Probidade Administrativa e do Patrimônio Público – GEPPP, com apoio Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO Central e GAECO Ipatinga), em parceria com Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), deflagrou na manhã desta sexta-feira, 12 de março, a operação Gutenberg. A ação cumpriu 12 mandados de busca e apreensão em residências e empresas situadas nos municípios de Santa Luzia, Belo Horizonte, Ipatinga e Coronel Fabriciano. A medida foi determinada pela 1º Vara Criminal da Comarca de Santa Luzia.

As investigações conduzidas pelo Ministério Público apuram possíveis crimes de fraude em licitação, dispensa indevida de licitação e peculato, além de atos de improbidade administrativa, em contratações de editora para o fornecimento de materiais pedagógicos à Câmara Municipal e à Prefeitura de Santa Luzia, nos anos de 2017 e 2018. O dano estimado ao erário supera a quantia de R$1 milhão. Entre os alvos da operação estão ex-agentes públicos de Santa Luzia e empresários da região do Vale do Aço.

Durante a ação, foram apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos, os quais serão analisados pela equipe de investigação.

 

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *