Fabriciano realiza capacitação no combate aos caramujos no município

FABRICIANO – A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança da Saúde, realizou na manhã desta quinta-feira, 21, uma capacitação para 29 garis de varrição da empresa Vina, visando o controle do caramujo gigante africano, Achantina fulica. O objetivo principal da capacitação é orientar os profissionais sobre os cuidados necessários com esses animais e sobre os perigos e doenças causadas por eles.

No treinamento, os garis foram informados sobre a introdução clandestina do molusco terrestre na década de 80, como alternativa ao escargot, e que acabou se tornando uma praga agrícola que devasta plantações, hortas, pomares e flores.

Além de ser uma praga agrícola, o caramujo é capaz de transmitir ao ser humano o Angiostrongylus, um verme nematóide causador de duas doenças. A Angiostrongyliase meningo encefálica, é uma doença grave que atinge o sistema nervoso central, causando dor de cabeça severa, rigidez na nuca, formigamentos, febre, paralisias temporárias, distúrbios visuais e até cegueira. Por outro lado, a Angiostrongyliase abdominal, provoca uma perfuração intestinal, causando sintomas semelhantes ao da apendicite, com febre, fraqueza muscular e dor abdominal intensa.

De acordo com o médico veterinário, Sérgio Umberto da Silva, estas doenças são de difícil tratamento, por isso, ressaltou algumas medidas de prevenção. “Não ingerir caramujos em nenhuma hipótese; não comer alimentos crus contaminados com o muco liberado pelo molusco; desinfetar frutas e verduras com água sanitária por 30 minutos; manter limpos quintais; não utilizar as conchas como objetos e artesanato; e evitar a propagação do caramujo”, disse.

Foi enfatizado na capacitação que a medida mais eficaz de controle é a coleta manual dos caramujos com o uso de luvas, destruição com sal ou fogo, e enterro das carcaças, evitando que sirvam de abrigo para larvas do mosquito da dengue. Depois de feito o processo, é fundamental lavar as mãos com água e sabão.

Os garis participaram ativamente da palestra, e ao final, receberam uma cartilha contendo orientações fundamentais para reforçar o aprendizado.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *