domingo, junho 16, 2024
CidadesDestaques

Timóteo reestrutura atendimento às mulheres e jovens vítimas de violência

TIMÓTEO – Representantes da rede de atendimento às vítimas de violência doméstica e familiar de Timóteo estiveram reunidos na tarde da última quarta-feira (27) na sede da Secretaria Municipal de Saúde, no bairro Centro Sul.

A comissão formada durante a realização do Seminário de Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (12/03) está organizando, junto aos diversos segmentos, o fluxo de atendimento às vítimas do município. Participaram desta reunião a Juíza Beatriz Machado, a promotora de justiça Danielle Queiroz, secretário de Saúde Eduardo Morais, Marina Baldez assistente social do Hospital e Maternidade Vital Brazil, Cristiane Valgas e  Madalena Rodrigues gerentes de Saúde, Luiz Augusto de França do CREAS e Vera Dutra e Kenya Azevedo do Conselho dos Direitos da Mulher.

De acordo com a juíza de Direito da comarca de Timóteo e membro da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Comsiv) do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Beatriz Machado, a regularização do fluxo de atendimento irá resguardar a vítima de violência institucional. “Com uma rede bem integrada podemos agilizar o atendimento e minimizar o sofrimento e maior exposição do quadro dessas vítimas”, frisa Beatriz Machado.

O secretário de Saúde, Eduardo Morais, informou que será aberto, em breve, um novo local para atendimento de mulheres que trabalham e necessitam de acompanhamento pré-natal, coleta de material para exames, consulta especializada, incluindo o apoio às mulheres acometidas de episódios de violência. Este atendimento será ampliado até às 22 horas. “Estamos providenciando esta prestação de serviço para os próximos 30 dias, pois, o Centro de Saúde João Otávio não oferece condições para um atendimento reservado”, afirmou Morais.

O Seminário de Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher capacitou os diversos agentes da rede de atendimento às mulheres e crianças vitimadas por vários tipos de violências. Esta rede é composta pela Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria de Saúde, Secretaria de Assistência Social, Conselho Tutelar, Ministério Público, Tribunal de Justiça, Hospital Vital Brazil e demais parceiros. A próxima reunião ficou agendada para o dia 26 de abril, às 10 horas, no auditório do 85ª Cia. de Polícia Militar de Timóteo.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *