Sind-UTE/MG se reúne com prefeito de Ipatinga para dar sequência a negociações

IPATINGA – O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), subsede de Ipatinga, se reúne nesta terça-feira (30) com o prefeito municipal Nardyello Rocha (MDB) para dar sequência às negociações em torno da pauta salarial educacional 2019. O reajuste de 4,5% referente ao ano corrente, aprovado pela categoria em assembléia no último dia 10, depende agora apenas da aprovação do projeto de lei enviado pelo Poder Executivo ao Legislativo no último dia 25 de julho.

Ao deliberar sobre a proposta do prefeito, a categoria a aceitou, considerando a recomposição das perdas do ano de 2019, deliberando ainda pela continuidade das negociações referentes aos anos anteriores. “As perdas chegam a quase 30%, entre 2016 e 2019. O reajuste de 4,5% começa a mitigar essa defasagem, mas é preciso continuar o diálogo, para que o Piso Salarial Nacional seja respeitado”, avalia o Sind-UTE/MG. O Governo propôs “a recomposição salarial de 3,43%, retroagindo a 1 de janeiro de 2019, acrescido do reajuste salarial de 1,07%, a partir de 1 de julho do corrente ano, totalizando um percentual de 4,5% em 2019”.

Em ofício, o Sind-UTE/MG comunicou à Administração Municipal o resultado da assembleia e, na reunião desta terça-feira reforçará a necessidade de avançar na recomposição das perdas referentes aos anos de 2016 a 2018, bem como nos demais pontos da pauta, como os atrasados dos aposentados, critérios para concessão de férias-prêmio e outros itens referentes à política pública da educação.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *