PMI prepara sorteio do cadastro de reserva de apartamentos do Nova Esperança

Ipatinga – Mantendo o compromisso de dar total transparência ao processo, a Prefeitura de Ipatinga promoveu, na tarde desta segunda-feira (12), um evento para apresentação dos critérios de seleção dos candidatos ao sorteio para cadastro de reserva dos 240 apartamentos construídos no bairro Nov

Conduzida pelo secretário municipal de Planejamento, Ricardo Luiz de Figueiredo, e pela diretora do departamento de Habitação, Késsia Ribeiro, a exposição feita nessa segunda-feira (12) aconteceu na sala de reuniões do 4º andar, com a presença de representantes dos Conselhos Municipais da Cidade, da Habitação, da Criança e Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência, além de servidores municipais.

Em novembro de 2018, “com muita transparência e compromisso”, como frisa a PMI, a Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan)  contabilizou 5.895 inscrições e realizou o sorteio das unidades habitacionais do Novo Esperança para titulares e suplentes. Porém, foram registradas desistências por parte de alguns sorteados. Outra situação que também culminou na necessidade de um novo sorteio foi o não comparecimento de contemplados no tempo hábil estabelecido.

O secretário Ricardo Luiz ressaltou que toda a metodologia do sorteio foi construída respeitando Lei, Portaria e Decretos Municipal e Federal.

novo sorteio

Profissionais da secretaria de Planejamento apresentaram os critérios a serem utilizados durante o novo sorteio

“Os critérios para os inscritos alcançarem pontuação são as famílias residirem em áreas de risco, insalubres ou que tenham sido desabrigadas; famílias com mulheres responsáveis pelo cuidado familiar; que façam parte pessoas com deficiência; famílias residentes no município há, no mínimo, cinco anos; que tenham filhos com idade inferior a 18 anos e famílias das quais façam parte pessoa idosa”, detalhou.

Já a diretora do departamento de habitação, Késsia Ribeiro esclarece que “todos esses critérios foram apresentados com o objetivo de garantir transparência no processo do novo sorteio, permitindo que os representantes conheçam, questionem e auditem o nosso trabalho. Os envelopes lacrados foram separados por cotas e grupos, garantindo assim, que o sorteio ocorra com total lisura”, enfatizou a diretora.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *