DNIT faz medição para obra de melhoria no viaduto de Fabriciano

FABRICIANO – Engenheiro e técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) estiveram nessa terça-feira, 6, em Coronel Fabriciano para um trabalho de análise e medição no viaduto da Avenida Tancredo Neves sobre a Avenida Magalhães Pinto. O viaduto é a principal ligação da cidade – bairros do Melo Viana e Centro – e ao longo dos anos sofre abalos constantes devido a colisão de caminhões que normalmente ficam agarrados debaixo da estrutura que possui apenas 3,6m de altura.

Os impactos são visíveis e tem sido pauta de reuniões do prefeito Dr. Marcos Vinicius com o DNIT. O objetivo da administração municipal é viabilizar junto ao órgão federal, uma obra de reconstrução do viaduto para permitir o tráfego de caminhões de grande porte ainda feito dentro da cidade.

Durante a visita, os técnicos do DNIT da Superintendência Regional, com sede em Governador Valadares, analisaram e mediram as cabeceiras do viaduto, altura, as vigas de sustentação que atualmente se apresentam deterioradas. O trabalho durou mais de uma hora e mobilizou os Agentes Municipais de Trânsito e a Policia Militar no desvio do trânsito no local e orientação dos motoristas para acessaram vias alternativas. A vistoria também foi acompanhada pelo secretário de Governança de Obras e Serviços Urbanos, Nelson Diniz.

Segundo o secretário, neste primeiro momento, a proposta é fazer uma obra emergencial de sustentação do viaduto. O objetivo do serviço é garantir a segurança dos veículos que passam pelo local enquanto o projeto de readequação do viaduto é elaborado. “Este problema é antigo em nossa cidade e nós estamos trabalhando para resolver esta situação. Por meio desta medição, o DNIT vai estabelecer qual o melhor projeto para as intervenções”, disse.

O DNIT informou à prefeitura que uma das alternativas para resolver o problema é o alteamento do viaduto. A proposta seria de suprimir a viga atual que possui cerca de 0,80cm de altura e substituir por um método de escoramento de invertido. “Essa adequação da estrutura possibilitaria um ganho de altura, podendo chegar a 4,5 metros”, explicou Nelson Diniz.

GERENCIAMENTO DO TRÂNSITO

Atualmente o município, pleiteia junto ao DNIT, a municipalização do trânsito da Avenida Tancredo Neves, antiga BR-381. O objetivo é realizar melhorias na sinalização e mudanças no trânsito que estão previstas no Plano Diretor de Mobilidade Urbana. Entre as intervenções estão: as ligações da ruas São Sebastião com a José Semião e da Julita Pires Bretas com a Avenida Tancredo Neves, além da sinalização e adequações de alguns cruzamentos que atualmente são alvo de reclamações de motoristas.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *