Corujão da Saúde de Fabriciano é finalista em prêmio de boas práticas

FABRICIANO – O Corujão da Saúde é finalista no IX Prêmio Mineiro de Boas Práticas na Gestão Municipal – Eixo Saúde, da Associação Mineira de Municípios (AMM). O prêmio tem o objetivo de incentivar a eficiência na gestão pública, ao divulgar e premiar experiências inovadoras desenvolvidas pelos municípios, contribuindo para a melhoria da vida da população. O programa Corujão da Saúde oferta consultas médicas fora do horário comercial aos pacientes do SUS.

Este ano, o Prêmio Mineiro de Boas Práticas teve recorde de inscritos: 65 municípios com 119 projetos concorrendo nos três eixos temáticos: Gestão Administrativa (29); Gestão da Assistência Social (52); e Gestão da Saúde (38). Os três melhores em cada categoria foram classificados. A seleção foi feita por técnicos da AMM e especialistas da Escola de Contas do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais – TCEMG, Sedese e Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas) e Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais – Cosems/MG.

“Recebemos a noticia da classificação do Corujão ao Prêmio Mineiro com muita satisfação. Isso nos dá confiança de que estamos no caminho certo, que é fazer uma gestão séria, com ética e eficiência, para melhorar a vida da população. Mas também aumenta a nossa responsabilidade, já que passamos a ser exemplo para outros municípios”, resume o prefeito de Coronel Fabriciano Dr. Marcos Vinicius. Os vencedores serão conhecidos no 36º Congresso Mineiro de Municípios, no dia 14 de maio, em Belo Horizonte.

O Corujão da Saúde de Fabriciano também já foi escolhido entre 150 ações pelo país que servirão de exemplo em um banco de práticas do Governo Federal.

CORUJÃO DA SAÚDE

O Corujão da Saúde foi implantado em abril de 2017 pela atual administração com objetivo de zerar as demandas reprimidas na Atenção Básica, garantir mais qualidade no atendimento aos pacientes do SUS e agilizar as consultas em especialidades médicas. Um diferencial é o horário estendido de atendimento a população, até às 22h, facilitando a vida de quem precisa de atendimento, mas não pode comparecer as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) durante o dia.

São duas modalidades de serviço: o Corujão Clínico, na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Santa Cruz, para casos de emergência em clínica médica, pediatria e enfermagem, sem necessidade de agendamento. E o Corujão Especialidades, na UBS do Centro, com consultas em 15 especialidades médicas diferentes. O atendimento é feito via agendamento e encaminhamento do paciente na unidade de saúde de sua referência.

– UBS do Centro: Rua Alberto Scharlet, 154.

Corujão da Especialidade: 19h às 22h

– UBS do Santa Cruz:  Rua Bolívia, 401.

Corujão Clínico: das 16h às 22h.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *