PMI promove Encontro do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

IPATINGA –  Secretaria de Assistência Social de Ipatinga, em parceria com a Escola Profissionalizante Tenente Oswaldo Machado (EPTOM) e o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), realizou nesta quarta-feira (12), no plenário da Câmara Municipal, uma apresentação das Ações Estratégicas no Enfrentamento ao Trabalho Infantil. O 12 de junho foi a data escolhida por se tratar do “Dia Mundial contra o Trabalho Infantil”, conforme instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Várias lideranças e autoridades locais estiveram presentes, discutindo juntamente o enfrentamento ao problema do trabalho infantil no município e ações operacionalizadas por meio do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), desenvolvido em parceria com o governo federal. A EPTOM apresentou durante o evento um diagnóstico do trabalho infantil no município.

Representando o 14º Batalhão de Polícia Militar, esteve presente o tenente Luiz Carlos Ferreira Dias. O sargento Gildo dos Santos Silva representou o 11º Batalhão de Bombeiro Militar, e Adna Márcia de Oliveira, o Conselho Tutelar.

O presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Leonardo Oliveira, destacou a importância de saber diferenciar as coisas num assunto bastante complexo. “Temos que tirar das pessoas a ideia de que se a criança estiver trabalhando é melhor do que estar envolvida no mundo das drogas. São dois assuntos preocupantes, mas distintos”, enfatizou.

assistencia

Várias lideranças e autoridades locais estiveram presentes no evento, discutindo juntamente o enfrentamento ao problema do trabalho infantil no município

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Ipatinga foi representada pela servidora Érica Verônica Arêdes Teixeira, que destacou a importância da escola nesse trabalho. “Na maioria das vezes conseguimos detectar na escola, através do desempenho da criança, se ela está sendo usada pela família no trabalho para ajudar na renda de casa”, observou.

Cláudia Castro, secretária Adjunta da Assistência Social, conduziu o evento, e avaliou como muito positivo o resultado. “É necessário agradecer a presença de variados segmentos da nossa cidade, que se mostram sensíveis ao tema e compreendem a sua relevância. A participação ampla da sociedade com certeza irá contribuir para o êxito das iniciativas de combate ao trabalho infantil”, acredita.

O encontro foi finalizado pelos alunos da Escola Padre Cícero,  que apresentaram a música vencedora do Projeto Resgate à Infância 2018.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *