Nova Secretária de Educação de Timóteo promete eleição para direção das escolas em dezembro

TIMÓTEO – A Prefeitura de Timóteo, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, prepara a realização de eleição direta para diretores de escolas da Rede Municipal de Ensino. A informação é da secretária de Educação, Maria do Carmo Silva Pires Martins (Professora Kakau). “A eleição é um processo de gestão democrática do ensino público prevista em diversas legislações, inclusive na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e a administração quer implementar nas escolas do município”, destacou.

O processo eleitoral nas escolas do município está previsto para acontecer no segundo semestre, dividido em três fases de acordo com a legislação. A primeira fase será de aplicação de uma prova escrita, que tem caráter eliminatório, sendo exigida pontuação mínima de 60 por cento para aprovação do interessado em se candidatar. Após as provas haverá prazo para composição de chapas e inscrição e ao final a eleição pela comunidade escolar.

O Processo Eleitoral na Rede de Ensino do Município está previsto para começar no mês de setembro próximo e as eleições serão realizadas no dia 08 de dezembro. “Se houver a necessidade de segundo turno das eleições em alguma escola, ele será realizado no dia 15/12 para que a gente consiga encerrar a entrega de documentação até o final do ano”, explicou Kakau. O segundo turno ocorre quando há mais de duas chapas inscritas e nenhuma consegue mais de 50% dos votos validos.

Responsável pela organização das eleições e toda a logística do trabalho, a Prefeitura de Timóteo terá que contratar uma empresa para aplicação das provas. Além disso, a Secretaria terá que acompanhar, através do setor de educação escolar, as inscrições e treinamento envolvendo mesários e a comissão de eleição, formada por três pessoas da comunidade e a elaboração do material.

A eleição para diretor de escola vai movimentar toda a comunidade do entorno do estabelecimento de ensino. Podem votar os pais, alunos maiores de 14 e os funcionários da escola.  “A vantagem de uma eleição para diretor de escola é a gestão democrática sendo estabelecida dentro da própria escola com o diretor e vice, responsável pelo estabelecimento, escolhido pela própria comunidade com quem tem maior liberdade de acesso”, completou a secretária Kakau.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *