CREAS de Fabriciano debate medidas socioeducativas

FABRICIANO – A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança de Assistência Social e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), realizou nesta terça-feira, 03, no Salão do Júri, o Seminário de medidas socioeducativas “Encontro com Parceiros”. O intuito da reunião é apresentar o serviço de medidas socioeducativas do CREAS, reforçar e ampliar as parcerias.

Participaram cerca de 50 pessoas entre representantes das Secretarias de Governança de Assistência Social, Educacional e Saúde, Polícia Militar, Judiciário, Ministério Público, serviços de convivência e CREAS de municípios vizinhos. A Promotora de Justiça do município, Dra. Vanessa Andrade, explicou como funciona o procedimento processual, desde o ato infracional à aplicação da medida socioeducativa pelo juiz, e o momento em que o adolescente chega ao serviço de medidas socioeducativas para receber o acompanhamento da equipe do CREAS.

A Secretária de Governança de Assistência Social, Patrícia Dias, ressaltou a relevância dos parceiros. “Esse seminário é uma reflexão sobre como está sendo o cumprimento das medidas socioeducativas no município, chamando a atenção de todos para as crianças e adolescentes que estão cumprindo essas medidas e que necessitam de vários olhares para que elas possam se reintegrar na sociedade de maneira tranquila, retomando o que consideramos de valor para sua vida e convívio familiar, ” conclui.

Na cidade, a Guarda Mirim atende crianças e adolescentes com projetos de fortalecimento da convivência e vínculos comunitários, familiares e preventivos. “A entidade, parceira da Assistência Social, acolhe esses menores e eles têm uma rotina e toda uma programação voltada para o cumprimento da medida socioeducativa. Nosso papel como entidade é muito relevante”, afirma Elaine Cristina, Representante da Guarda Mirim de Coronel Fabriciano.

CREAS

Oferece serviços especializados e continuados a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos como violência física, psicológica, sexual, tráfico de pessoas, cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto. Além disso, busca a construção de um espaço de acolhida e escuta qualificada, fortalecendo vínculos familiares e comunitários.

“O serviço que o CREAS oferta é de extrema importância para a sociedade, mas para que possamos atender de forma melhor as pessoas que necessitam dele, precisamos firmar parcerias com as demais secretarias e órgãos públicos; entendemos que apresentando o serviço, os avanços e desafios aos nossos parceiros podemos juntos buscar melhores resultados, ” explica a Coordenadora do CREAS, Sandra Pereira.​

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *