Quatro nomes aparecem como pré-candidatos no grupo político de Geraldo Hilário

TIMÓTEO (Fotos Divulgação) – Centenas de pessoas marcaram presença na reunião realizada sexta-feira à noite no Lyons Clube, no bairro Timirim. Além de levarem um abraço e apoio ao médico-pediatra Dr. Geraldo Hilário, que dirigiu o município como prefeito por um ano quatro meses, trazendo de volta a credibilidade e estabilidade, diversas lideranças manifestaram apoio ao projeto político que vinha dando uma nova dinâmica com melhorias em todos os setores do município, principalmente em relação à saúde, educação e obras, resgatando a autoestima dos moradores e despertando o orgulho de ser timotense.

Ao assumir a Prefeitura, em janeiro de 2017, o prefeito Dr. Geraldo Hilário, eleito democraticamente através do voto, juntamente com o vice Carlos Vasconcelos, encontrou a Administração com uma dívida superior a R$ 40 milhões, salários e décimo-terceiro de servidores atrasados. Ao deixar o cargo, há uma semana, deixou o município com mais de R$ 20 milhões em caixa, mesmo com a antecipação do décimo terceiro de 2018.

Um público formado principalmente por ex-comissionados na prefeitura acompanharam o encontro convocado pelo ex-prefeito Geraldo Hilário. O ex-prefeito e demais lideranças que defendem o mesmo projeto político para a cidade são: Carlos Vasconcelos, vice-prefeito a eleição com Geraldo Hilário; o médico Renato Araújo, com ampla experiência no setor público e na área de saúde; o Pastor Teko Resende, que teve papel fundamental no equilíbrio das contas da Prefeitura e os vereadores Dr. José Fernando – médico, o Professor Diogo Siqueira e Raimundo Nonato, o Raimundinho, que também possuem grande aceitação na comunidade pelos relevantes serviços à comunidade. Além do presidente interino da Câmara Municipal, vereador Luiz Perdigão.

Os nomes para prefeito e vice que irão representar a continuidade do trabalho que vinha sendo realizado em Timóteo com aceitação popular deverão ser definidos nos próximos dias. As reuniões prosseguem neste final de semana. O certo é que o grupo permanece unido, entendendo que houve uma injustiça com Dr. Geraldo Hilário que tinha plenas condições de disputar a eleição em 2016. Tanto que o Tribunal Regional Eleitoral deferiu a sua candidatura por quatro votos a três não deixando nenhuma dúvida em relação à sua condição como candidato.

Convenções

Até o dia 23 de maio, os partidos se reúnem em convenções para deliberar sobre a escolha dos candidatos. O prazo para entrega dos pedidos de registros dos candidatos à Justiça Eleitoral termina no dia 25, às 19h. Dia 26 de maio, os candidatos podem iniciar a propaganda eleitoral, regulamentada pela Resolução nº 23.457/2015 – que cuidou das regras relativas à propaganda nas Eleições 2016 – e pela Lei nº 9.504/1997. Enquanto isso, o presidente Câmara responde interinamente pelo Executivo.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *