Prefeito interino de Timóteo ainda não definiu secretariado, mas duas pastas já estão ocupadas

TIMÓTEO – O gestor da Administração Municipal, prefeito Adriano Alvarenga, iniciou os trabalhos bem cedo nesta terça-feira, 15/05, em seu primeiro dia de governo. Às 7h30, houve uma reunião com parte da equipe que irá compor o governo para falar sobre os desafios e as propostas que pretende implantar.  apesar de o novo secretariado ter sido prometido para o decorrer decorrer desta semana, duas secretarias já estão praticamente ocupadas: Governo com Ronildo Valentim e Administração com José Constantino Coronel.

Como antecipou em seu discurso de posse,  Adriano Alvarenga recebeu em seu gabinete, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Timóteo (Sinsep), Antônio Martins, o Teteco, e reafirmar o seu compromisso com o funcionalismo público.

O prefeito informou que pretende buscar intermediação da Justiça para o restabelecimento de forma legal da complementação dos servidores aposentados. Adriano Alvarenga informou aos sindicalistas que dentro das possibilidades financeiras e jurídicas da Administração, “vamos avaliar o que pode ser feito em relação à data-base dos servidores e também a complementação dos aposentados”, pontuou.

No final da tarde, o prefeito interino reuniu-se com os servidores que trabalham no prédio da prefeitura para o que chamou de “um momento de diálogo e de compartilhamento de informações para o desenvolvimento dos trabalhos”. O encontro aconteceu no auditório da Prefeitura e foi conduzido pelo secretário de Administração, José Constantino Coronel. Nesta quarta-feira (16), o chefe do Executivo fará uma conversa com os servidores da Secretaria Municipal de Obras e Secretaria Municipal de Educação.

O prefeito prometeu que nenhum serviço público será prejudicado devido à troca no comando do Executivo Municipal e pediu tranquilidade a todos: “Queremos tranquilizar a população e afirmamos que nenhum serviço público será prejudicado. Seguimos firmes no nosso compromisso de servir e transformar a cidade para que os serviços que oferecemos sejam referência,” disse.

“Não abriremos mão de algumas bandeiras como uma saúde mais eficiente, gestão de resultados, valorização do servidor público”, concluiu.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *