Paralisadas por 13 anos, obras do Paço Municipal em Fabriciano são retomadas

FABRICIANO – A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança Urbana, Planejamento e Meio Ambiente, deu inicio essa semana as obras do Paço Municipal, que fica anexo ao prédio da prefeitura, paralisadas e expostas à ação do tempo a 13 anos.

A obra começou em 2003 no governo do ex-prefeito Paulo Antunes e foi interrompida em 2005 na administração do ex-prefeito, Francisco Simões, que alegou irregularidades. A atual gestão solicitou ao Ministério Público e ao Judiciário autorização para dar prosseguimento à obra, uma vez que todos os processos foram derrubados na Justiça. Com o aval, o município enviou à Câmara de Vereadores o projeto de lei 2.580/2017, que autorizou a administração contratar com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), operações de crédito no valor de R$ 4 milhões e 750 mil reais para financiamento de construção, ampliação e reforma de edificações públicas.

Nessa semana, a equipe da Secretaria de Governança de Obras e Serviços Urbanos iniciou a limpeza do local para que a empresa vencedora da licitação possa iniciar a obra nos próximos dias. Segundo o Secretário de Governança Urbana, Planejamento e Meio Ambiente, Douglas Prado, será construído um prédio de quatro andares em estrutura metálica interligado com o principal. A previsão para entrega é um ano. “A proposta é fazer a ligação dos espaços através de uma passarela e trabalhar com a acessibilidade” disse.

O prefeito, Dr. Marcos Vinicius, disse que a obra vai possibilitar uma economia estimada em R$700 mil ano com aluguéis de imóveis. “Gastamos anualmente quase R$2 milhões com aluguéis, então somente a economia feita com estes imóveis já justifica o investimento”, conclui.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *