No Dia Mundial do Meio Ambiente, vereador defende a proteção do Viveiro Municipal

TIMÓTEO (Fotos Divulgação) – Usando a Tribuna Livre na Câmara de Timóteo nesta terça-feira (5), durante sessão Ordinária da Casa Legislativa, o vereador Raimundo Nonato Vieira, o Raimundinho (PSL), criticou com veemência a atitude da administração municipal no que se refere à transferência do lixo doméstico das ruas do município para o interior da Área de Proteção Ambiental do Viveiro Municipal, nas proximidades da 85ª Cia de Polícia Militar, no Bairro Primavera. O fato ocorreu na última semana, em decorrência da greve dos caminhoneiros.

Segundo Raimundinho, neste dia 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, o município de Timóteo não tem o que comemorar, visto que a cidade sempre viveu um “clima de irresponsabilidade, falta de compromisso e descaso com as questões ambientais”.

“Quando recebi o vídeo mostrando o lixo no Viveiro Municipal, eu não queria acreditar que fosse verdade. Fui até o local para ver com os meus próprios olhos. Lá, para minha surpresa, fizeram uma rota de fuga para entrar com um grande volume de lixo doméstico. Confesso que foi difícil permanecer no local devido à fedentina lançada pelo chorume que escorria por todas as partes, contaminando o solo daquele ambiente e colocando em risco um olho-d’água ali existente”, relatou o vereador, informando que denunciou o fato na Polícia Militar do Meio Ambiente.

A prefeitura já removeu o lixo da área do Viveiro.

VIDA PARA O VIVEIRO

O vereador aproveitou a sua passagem pela tribuna da Câmara para pedir aos ambientalistas e administração que não virem às costas para o Viveiro Municipal. “Peço que tomem alguma atitude para trazer de volta a vida e o respeito que o Viveiro Municipal sempre mereceu. Vou trabalhar e contribuir para que o viveiro retome a sua alegria e o seu porte de visitação publica”, sugeriu o vereador, dizendo confiar na capacidade das pessoas que trabalham com o meio ambiente.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *