Moradores do Bairro São Cristóvão, em Timóteo, estão assustados com a infestação de Chikungunya

TIMÓTEO – Os moradores do Bairro São Cristóvão, principalmente os da Rua 4, na cidade de Timóteo, reclamam da infestação do mosquito Aedes aegypti, que se agrava cada vez mais. Os locais suspeitos pela proliferação do mosquito, na opinião dos moradores, são uma residência desabitada com piscina, e uma poça de água suja, em uma área da Empresa Aperam, onde foi construída três caixas de retenção de areia.

Este local é uma vala que deveria funcionar como caixa de retenção de areia. No momento tem sido um perfeito criatório do mosquito Aedes aegypti, afirma os moradores. (Foto PCReis)

A reportagem do JBN foi até a Rua 4 para conversar com os moradores e não faltou relato de que quase todas as famílias estão sofrendo com a Chikungunya, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Os moradores disseram ter encaminhado o assunto ao setor de zoonoses da Prefeitura de Timóteo e empresa Aperam, porém até o momento não deram retorno e não apresentaram uma solução.

 

“Não podemos continuar convivendo com essa situação. Meu avô pegou Chikungunya e foi parar na cadeira de rodas. Ou a empresa Aperam cuida do que é dela ou autoriza a comunidade a manter a organização deste local”, reclamou o morador, que pediu anonimato.

 

Em nota, a Aperam South America esclarece que, no local citado, de sua propriedade, encontram-se três caixas de contenção de areia, feitas no início deste ano a pedido dos próprios moradores da comunidade. As caixas têm funcionado plenamente e atendido a seu objetivo de diminuir o impacto das águas de chuva no local. As caixas barram a areia deslocada e permitem que as águas de chuva se infiltrem no solo. Equipes da empresa estiveram hoje ao local para verificar as condições e comprovaram, com a presença de moradores da comunidade, que as caixas de areia para contenção estão em pleno funcionamento. A empresa também solicitou à Prefeitura para que fizesse inspeção e assegurasse as condições de normalidade.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *