Conselho de Ética do PDT expulsa ex-vereador de Fabriciano

O ex-vereador Querubim era presidente da sigla em Fabriciano.

FABRICIANO  (Fonte Jornal O Tempo)– O Conselho de Ética do PDT de Minas Gerais expulsou o vice-prefeito de Ribeirão das Neves, Vitório Ribeiro Filho, e o ex-vereador e então presidente da legenda de Coronel Fabriciano, Nivaldo Lagares (Querubim). O motivo para os desligamentos foi a infidelidade partidária durante as eleições de 2018 por não apoiarem a candidatura à Presidência de Ciro Gomes. Os dois tiveram prazo para recorrer da decisão, mas não o fizeram. O conselho também decidiu, por unanimidade, expulsar o vereador de Betim Gilson Baeta Justino. Ele foi acusado de apoiar um candidato a deputado federal pelo PV, o que fere as regras estatutárias do PDT.

Contudo, Justino ainda pode recorrer da decisão até 21 de dezembro. “Temos regras claras e objetivas para que nossos filiados sigam uma diretriz de não apenas fidelidade, mas de lealdade. As últimas eleições foram especiais para o PDT, com representatividade nacional. Tivemos a candidatura presidencial de Ciro Gomes, e a orientação geral do PDT em todo o Brasil foi no sentido de fortalecer a sigla, até em função de precisarmos de um bom desempenho para atingir a cláusula de barreira”, disse o presidente do PDT de Minas, deputado federal Mário Heringer.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *