Com mandado de prisão na mão, Polícia Civil procura pelo ex-governador Eduardo Azeredo

REDAÇÃO – Agentes da Polícia Civil estão à procura do ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB), com o objetivo de executar a prisão imediata do tucano. O mandado foi expedido pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), às 16h40 desta terça-feira (22), após os desembargadores rejeitarem, por unanimidade, o último recurso apresentado pela defesa.

De acordo com a Polícia Civil, os agentes vão procurá-lo nos endereços onde ele possa estar, mas há também a possibilidade de o tucano se entregar em qualquer delegacia da cidade. Porém, segundo a Polícia Civil, após às 18h, o mandado não pode ser cumprido na casa dele. Para residências, o horário é das 6h às 18h, o que vai limitar as buscas nesta terça.

Mesmo assim, equipes da Polícia Civil estão de prontidão em frente ao prédio onde Azeredo mora, no bairro Serra, na região Centro-Sul de BH, mas o porteiro informou que não viu nenhuma movimentação no apartamento. Testemunhas informaram que logo após a decisão durante a tarde, um veículo onde supostamente estaria Azeredo foi visto deixando o prédio às pressas. O andar onde o político mora, o 11º, também está com todas as luzes apagadas.

Caso seja encontrado ou se entregue, Azeredo será encaminhado para alguma delegacia da capital, onde passará a noite até a determinação da penitenciária onde a pena será cumprida.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *