Câmara de Fabriciano empossa nova Mesa Diretora. Lugão é o presidente

FABRICIANO – Em sessão solene realizada nesta segunda-feira (1º), a Câmara Municipal de Coronel Fabriciano empossou a nova Mesa Diretora eleita no último dia 20 de dezembro, que conduzirá o destino do Legislativo fabricianense até 31 de dezembro de 2018.

Fotos PCReis

Eleitos por votação unanime, foram empossados  Luciano Lugão (presidente), Sargento Francisquini do Proed (1º vice-presidente), Carmem do Sinttrocel (2ª vice-presidente), Cristiano do Cais (1º secretário) e Enéias Reis (2º secretário). A Câmara de Fabriciano é composta por 17 vereadores.

Durante pronunciamento de posse, o presidente eleito, vereador Luciano Lugão, voltou afirmar que o Legislativo fabricianense é uma caixa de ressonância aonde os problemas da população chegam diariamente e os  vereadores, sendo os representantes mais próximos da comunidade, devem permanecer atentos, para que a população não saia da Câmara sem uma resposta para as suas demandas.

Por outro, o vereador presidente, de 39 anos, administrador de empresas, disse que apesar de ter um plano para governar a Câmara para todos, irá aperfeiçoar também as boas iniciativas dos seus antecessores.

Com três mandatos consecutivos na Câmara, Luciano Lugão afirmou acreditar, que pra tudo tem a sua hora e que  Deus está oferecendo a ele este ano de 2018 a oportunidade para deixar sua colaboração para a cidade.

“Estarei aqui defendendo o interesse da população de Fabriciano. Vou aqui respeitar as individualidades de cada vereador. Sei que vamos travar acirrados debates, mas tudo dentro do maior respeito”, garantiu.

Também estiveram presentes na sessão de posse, além de um público expressivo, o prefeito Marcos Vinicius, o vice Gregório da Retífica; o presidente das Assembleias de Deus Junior Calais e o ex-prefeito Paulo Antunes.

EMENDA A LEI ORGÂNICA

Diferente das demais Câmaras Municipais do Vale do Aço, a eleição da mesa diretora em Coronel Fabriciano ocorre anualmente e, historicamente, uma das mais disputadas. Isso porque até meados deste ano, os vereadores poderiam lançar candidaturas avulsas ou registrar chapas para cargos na mesa diretora até minutos antes da eleição interna. Em 31 de outubro, o Plenário aprovou uma Emenda a Lei Orgânica 19/2017, que trouxe mais organização para a disputa interna: agora, a chapa completa deve ser registrada com 72 horas antes do pleito interno. A alteração foi publicada no Diário Oficial do Município em 7 de novembro.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *