CADEIA DE TIMÓTEO: Depois de interditada pelo MP, melhorias são apresentadas para liberação

BELO HORIZONTE – O Deputado Celinho do Sinttrocel foi recebido nesta semana, pelo Secretário de Estado Adjunto de Administração Prisional, Marcelo José Gonçalves da Costa e pelo Chefe de Gabinete do Secretário Estadual de Segurança Pública, Marcelo Vladimir Correa.

Acompanhado pelo Presidente da Câmara de Vereadores de Timóteo, Adriano Alvarenga, e por José Carlos de Paula, Presidente da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (APAC) de Timóteo, o Deputado apresentou e cobrou na última semana soluções para duas demandas específicas da área: a desinterdição da cadeia de Timóteo – interditada desde junho de 2016 por solicitação do Ministério Público – e a Apac da Cidade.

Tanto o Deputado como o Presidente da Câmara apresentaram ao Secretário Adjunto as benfeitorias realizadas na Cadeia que equacionaram os problemas geradores da interdição, tais com infiltrações: paredes mofadas, banheiros quebrados, falta de ventilação e iluminação inadequada.

Celinho do Sinttrocel observou que “Diante deste quadro de melhorias, é possível o fim da interdição e a reabertura completa da Cadeia. Isso vai ajudar a vida dos familiares dos presidiários e na recuperação dos detentos. Se recupera bem quem recebe o apoio da família.”

Concordando com o Deputado, o Dr. Marcelo José Gonçalves da Costa afirmou que “temos todo o interesse em desinterditar a unidade prisional. Isto libera vagas, nos ajuda a desafogar outras cadeias e dá um alívio em toda Região.” Segundo ele, a Secretaria já mantinha discussões com a Promotoria Estadual no sentido do fim da interdição. “A demanda do Celinho só reforçava nossa convicção da possibilidade de reabertura e da necessidade de agilização dos encaminhamentos que já iniciamos”, completou o Secretário Adjunto.

Para promover agilidade no processo de desinterdição, o Secretário marcou uma visita à Cadeia, no próximo dia quatro de maio, para verificar in loco as suas condições atuais. Aproveitando a oportunidade, o Secretário vai organizar uma agenda mais ampla e visitar outras unidades prisionais da Região – inclusive o CERESP.

Segundo o Deputado Celinho do Sinttrocel, “o Secretário Adjunto nos comunicou que, se tudo correr bem, dentro do previsto, ainda no mês de maio vamos ter a desinterdição.” Para Adriano Alvarenga “a medida mostra o compromisso do Governo com nossa Região.”

APAC

Outro tema tratado foi as Apac’s. José Carlos apresentou o pleito de construção de uma nova unidade. Dr. Marcelo informou das dificuldades de caixa e da falta de repasse de recursos por parte do Governo Federal. Mostrando-se aberto a colaborar, o Secretário Adjunto informou que não existe possibilidade de convênio para construção de Apac’s com a Secretaria e que recursos poderiam ser liberados para custeio. A ideia agora é procurar um convênio com o Tribunal de Justiça, que tem cerca de cinco milhões para a áreas, via o programa Novos Rumos

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *