Balanço do Feriadão de Natal fecha com 34 mortos e 515 acidentes nas estradas de Minas

REDAÇÃO (Foto Corpo de Bombeiros) – O feriadão de Natal terminou com 34 pessoas mortas nas estradas estaduais e federais que cortam Minas Gerais. Ao todo, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) contabilizaram 515 acidentes, que resultaram em 624 feridos.

Somente o balanço da PMRv, feito da meia-noite de sexta (22) até as 23h59 dessa terça-feira (25), contabilizou 343 acidentes de trânsito nas rodovias estaduais e federais delegadas à corporação, sendo que 374 pessoas ficaram feridas e 23 morreram.

Além disso, o Comando de Policiamento Rodoviário realizou 2.648 operações nas estradas com fiscalizações a 33.612 veículos, dos quais 342 foram apreendidos. Além disso, foram feitos 1.233 testes de bafômetro.

Ao todo, 58 pessoas foram presas, 23 delas por embriaguez ao volante, 18 por crimes de trânsito e 17 por outros crimes; 5.825 pessoas foram autuadas e 101 tiveram as carteiras de habilitação apreendidas.

A PMRv informou que não foi possível realizar o comparativo com o feriado de Natal do ano passado já que, em 2017, ele teve o período reduzido.

Estradas federais

Já a PRF registrou 172 acidentes de trânsito com 250 pessoas feridas e 11 mortos entre os dias 21 e 25 de dezembro. Ao todo, 7.279 veículos foram fiscalizados nas estradas, sendo que 11 pessoas foram presas por dirigirem alcoolizadas e 93 foram autuadas. Além disso, foram realizados 4.789 testes de bafômetro e aplicadas 736 multas por ultrapassagem proibida e outras 9.227 por excesso de velocidade.

Ainda segundo a PRF, o Natal foi o feriado com maior número de flagrantes de excesso de velocidade no ano de 2018. Em comparação com o feriado de Natal do ano passado, o número de mortos nas estradas diminuiu, já que, naquele ano, foram contabilizadas 14 mortes nas estradas federais contra 11 mortos deste ano.

Fonte: Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv)

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *