quarta-feira, julho 24, 2024
DestaquesPolícia

Filho que matou a própria mãe e o padrasto com pauladas em Ipatinga, teve surto psicótico

IPATINGA – Um rapaz, de 26 anos, foi preso na noite desta quinta-feira (16) após matar a pauladas a própria mãe, de 68, no bairro Canaã, em Ipatinga, na região do Vale do Aço. O padrasto, de 53, tentou ajudar a vítima e também foi morto.

A Polícia Militar foi acionada e chegou na casa por volta das 20h. No local, encontraram o corpo da idosa na varanda. Ela foi atingida com vários golpes na cabeça. O padrasto também estava no local, sangrando. Ele foi encaminhado para um hospital, mas não resistiu.

Em conversa com os policiais, o pai do suspeito disse que estava na casa na hora do crime. O rapaz estava no computador quando houve uma discussão. De repente, ele saiu do cômodo com um bastão de madeira e começou as agressões.

O pai disse ainda que tentou conter o jovem para evitar as agressões mas foi empurrado contra a parede. Logo após o crime, o suspeito fugiu do local a pé e não foi mais visto.

Quando a PM chegou ao local, encontrou as vítimas com ferimentos na cabeça em cômodos diferentes da casa. Também foi localizado o pedaço de madeira que teria sido usado no crime. A idosa já estava morta, já o padastro foi atendido pelo Samu e encaminhado para o hospital.

Momentos depois do crime, o suspeito retornou ao local do assassinato, quando foi identificado, imobilizado pelos militares e preso em flagrante pelo homicídio. A madeira supostamente usada no crime e o celular do suspeito foram apreendidos e encaminhados para a delegacia, juntamente com o jovem detido.

O pai do rapaz estava separado amigavelmente da mulher assassinada há seis anos e completou 52 anos nesta quinta-feira (16), quando ocorreu o assassinato. De acordo com a PM, há registros policiais envolvendo o suspeito por uso de drogas, tráfico de entorpecentes, tentativa de suicídio e surto psicótico.

 

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *