sexta-feira, julho 19, 2024
DestaquesMeio Ambiente

ArcelorMittal é referência em gestão ambiental de suas unidades no Brasil

Captação de água do mar em Serra (ES), a maior planta de dessalinização de água do mar do Brasil

REDAÇÃO – A ArcelorMittal se destaca por sua gestão ambiental, com altos índices de geração própria de energia, recirculação de água, preservação da fauna e flora, aproveitamento de coprodutos e reciclabilidade. No Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), a empresa reitera o compromisso global de ser carbono neutro até 2050. Globalmente, o Grupo ArcelorMittal foi pioneiro no setor ao lançar a meta até 2050 e, como passo intermediário, reduzir em 25% suas emissões específicas até 2030.

O grupo ArcelorMittal pretende ampliar o uso de iniciativas de baixo carbono e desenvolver tecnologias de ruptura para uso num futuro próximo. Entre as propostas a serem estudadas e implementadas pelas unidades da companhia no Brasil estão o aumento do uso de sucata como matéria-prima, a utilização de gás natural e a otimização do uso do carvão vegetal nas unidades, além da melhoria da eficiência energética dos processos

Na ArcelorMittal Tubarão, pelo menos 1,9 bilhão de reais serão investidos em sua gestão ambiental até o cumprimento do Termo de Compromisso Ambiental (TCA) com o Governo do Espírito Santo e o Ministério Público, em 2018. Até o momento, 446 planos de ações foram implementados para atender às 131 metas estabelecidas no documento. Destas, 55% (60) já foram concluídas.

Energia Eólica – Um passo importante para alcançar a descarbonização foi dado em abril passado. A ArcelorMittal se uniu à Casa dos Ventos para liderar a transformação da matriz energética brasileira. Trata-se do maior contrato de energia eólica do Brasil, que contempla a criação de um dos maiores complexos eólicos do país. Serão investidos R$ 4,2 bilhões na construção do Complexo Eólico Babilônia Centro, no Sul da Bahia. O empreendimento vai fornecer energia renovável para as operações da ArcelorMittal em um contrato de 267 MegaWatts Médios (MWmédios).  A energia renovável originada em Babilônia Centro atenderá aproximadamente 38% da energia adquirida pela ArcelorMittal.

Recursos hídricos – O uso racional da água integra uma das 10 Diretrizes do Desenvolvimento Sustentável da empresa, que há muitos anos já atingiu um alto índice de recirculação. A ArcelorMittal já implantou –em todas as suas unidades de produção – o Plano Diretor de Águas, que visa estabelecer estratégias para garantir a disponibilidade dos recursos hídricos, uso eficiente e busca de fontes alternativas para as operações em curto, médio e longo prazos.

Em 2021, a empresa inaugurou, em Serra (ES), a maior planta de dessalinização de água do mar do Brasil. O sistema, que utiliza tecnologia de ponta, é resultado de investimentos de R$ 50 milhões, com capacidade inicial para dessalinizar 500 m³/hora de água e garantirá maior segurança hídrica para a empresa e para o Espírito Santo. A unidade também prevê fazer o reuso de efluentes tratados do esgoto de Vitória (ES) – parceria com o governo capixaba e a Cesan, concessionária estadual.  A unidade também prevê fazer o reuso de efluentes tratados do esgoto de Vitória (ES) – parceria com o governo capixaba e a Cesan, concessionária estadual.

Projetos Caiman e Tamar – A empresa tem se preocupado ainda com a preservação de  áreas verdes e animais das mais variadas espécies. Um dos exemplos é o projeto Caiman com destaque para o jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris), que habita as sete lagoas dentro da planta industrial de Tubarão. O trabalho é realizado desde 2015 pela ONG Instituto Marcos Daniel,em parceria com a ArcelorMittal. O objetivo é monitorar, reabilitar e fazer um manejo seguro e ecológico dos animais. O Caiman é o primeiro projeto de longo prazo de pesquisa e conservação de crocodilianos no Espírito Santo. A ação de captura é feita em parceria com bombeiros da unidade e a média é de 70 resgates de animais por ano.

Outra ação de preservação de espécies nas proximidades da empresa é o projeto Tamar, apoiado há 23 anos pela companhia. A iniciativa monitora as tartarugas verdes (Chelonia mydas) na área do efluente final da usina. O local tem água calma, limpa e morna, o que favorece a formação de um refúgio para reprodução e alimentação dos animais.  Já foram capturados e marcados mais de 4 mil animais. As tartarugas passaram por estudos de biometria, crescimento, padrões migratórios, perfil hematológico e condição de saúde, e apresentaram bom estado de saúde e nutrição.

Produtos com baixa emissão de CO₂ – A ArcelorMittal lançou, em 2021, a iniciativa XCarb©, que busca a fabricação de produtos de aço com baixa emissão de CO₂ ou zero carbono na ArcelorMittal. No Brasil, um dos exemplos é o vergalhão ArcelorMittal 50 S XCarb©, primeiro produto XCarb© da América Latina produzido com 100% de material metálico reciclado e 100% de energia renovável com baixa pegada de carbono, cerca de 50% a menos na comparação com o vergalhão atual.

Uso eficiente dos recursos –  O uso eficiente dos recursos e altos índices de reciclagem é uma das diretrizes de desenvolvimento sustentável da ArcelorMittal. A empresa  avalia todo o ciclo de vida e processos secundários envolvidos na aplicação de seus produtos, reutilização e reciclagem (com prioridade aos coprodutos), seguindo os princípios da economia circular: eliminar resíduos e poluição desde o início da produção de um produto, mantê-los com alto valor durante toda a sua circulação no mercado e regenerar sistemas vivos. Versátil, seguro e 100% reciclável, o aço também é o material mais reutilizado do mundo, sem perder sua qualidade, leveza e durabilidade.

Ao comprar sucata regulada, além de retirar do meio ambiente toneladas de materiais que não teriam destinação correta, a companhia contribui para gerar oportunidades para milhares de trabalhadores e centenas de empresas envolvidas no processo. Os materiais não reutilizados internamente na companhia são vendidos ou doados para uso em processos que permitam sua reutilização, reciclagem ou recuperação energética. vivos. Ao comprar sucata regulada, além de retirar do meio ambiente toneladas de materiais que não teriam destinação correta, a companhia contribui para gerar oportunidades para milhares de trabalhadores e centenas de empresas envolvidas no processo.

As ações de gestão ambiental não são restritas às operações da empresa. A ArcelorMittal realiza auditorias em seus fornecedores críticos na busca de garantir que os insumos utilizados tenham sido produzidos dentro dos critérios ambientais e sociais vigentes. Com a certeza de que o aço sustentável só pode ser produzido com o apoio da cadeia de suprimentos, a empresa realiza projetos de desenvolvimento de fornecedores nas unidades industriais.

Sobre a ArcelorMittal 

Maior produtora de aço do Brasil e líder no mercado global, o Grupo ArcelorMittal tem cerca de 160 mil empregados, sendo 16 mil no Brasil, e atende clientes em 155 países, com o propósito de criar aços inteligentes para as pessoas e o planeta. A empresa tem unidades industriais em sete estados (CE, ES, MG, MS, RJ, SC e SP), além de unidades de distribuição e serviços em todo o país, sendo a única do setor no Brasil a contar com a certificação ResponsibleSteel.

As plantas brasileiras têm capacidade de produção anual de 7 milhões de toneladas de minério de ferro e de 15,5 milhões de toneladas de aço bruto, com aplicação nas indústrias automobilística, de eletrodomésticos, construção civil e naval, entre outras. A empresa atua, ainda, em áreas diversificadas como geração de energia para consumo próprio, produção de biorredutor renovável (carvão vegetal a partir de florestas renováveis de eucalipto) e tecnologia da informação.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *