domingo, fevereiro 25, 2024
DestaquesPolítica

Prédio da Câmara de Timóteo poderá ser trocado com o prédio da Secretaria de Saúde na Praça 29 de Abril

TIMÓTEO – A Câmara Municipal de Timóteo está a um passo de se tornar cada vez mais independente. Desta feita com o distanciamento do prédio do Poder Executivo. A prefeitura está propondo trazer a secretaria de Saúde que funciona na Praça 29 de Abril, para o prédio principal da Câmara. A Câmara por sua vez, ganharia toda a estrutura do prédio da secretaria de Saúde, inclusive área de estacionamento e reformas para garantir a acessibilidade.

Na tarde deste domingo (26) o JBN conversou sobre o assunto com o prefeito Douglas Willkys (PSB) e com o presidente da Câmara, vereador Luiz Perdigão (PSB).

O prefeito confirmou ter conversado com o presidente Luiz Perdigão sobre a possibilidade da troca visando uma condição melhor de trabalho para o legislativo.

Na opinião do prefeito, o prédio principal da saúde seria o local dos gabinetes e a parte atualmente do TFD, seria o plenário. “Também faríamos a entrega do lote ao lado para estacionamento dos veículos da Câmara. Faríamos também investimento definitivo nos prédios, como a implantação de elevador. Com a troca, a Câmara acabaria com a necessidade de prédios alugados. A ideia é unificar a maioria das secretarias no prédio da prefeitura”, contou o prefeito Douglas, lembrando que o assunto ainda precisa ser debatido com o Conselho Municipal de Saúde.

Já o presidente da Câmara, vereador Luiz Perdigão, disse que a proposta vem sendo estudada, porque em um levantamento preliminar apontou que o prédio da Câmara não suporta o crescimento da cidade uma vez que foi construída na década de 70. “Vamos montar uma comissão de vereadores para discutir melhor o assunto. Trocar pelo prédio da saúde é uma opção, mas temos outras opções que também resolveria o problema. É uma decisão muito importante e precisa ser bem debatida”, destacou Luiz Perdigão.

Aluguel

Atualmente a Câmara de Timóteo desembolsa cerca de R$ 240 mil reais por ano, com o pagamento de aluguel onde funcionam os gabinetes dos vereadores, administração e estacionamento.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *