PCMG recaptura suspeito de furto e roubo foragido de unidade prisional

Redação – A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) recapturou, nessa quinta-feira (18/2), um homem, de 30 anos, que estava foragido do sistema prisional desde o último dia 2. Ele é suspeito de envolvimento em uma organização criminosa atuante em furtos e roubos a residências de alto padrão na capital e na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), e havia sido preso por policiais civis em 21 de janeiro.

De acordo com o delegado Daniel Balthazar Coutinho, o investigado estava escondido em uma residência em Ribeirão das Neves, na RMBH, e foi localizado após trabalho de inteligência policial realizado pela equipe da PCMG em Nova Lima, responsável por combater crimes patrimoniais. “Assim que tivemos notícia da fuga, começamos os levantamentos. Ele tentou fugir da nossa ação, mas conseguimos recapturá-lo”, conta.

Segundo Coutinho, o suspeito não forneceu detalhes acerca da evasão do sistema prisional. “Creio que as circunstâncias devam estar em apuração no órgão responsável. Conforme registro de ocorrência, foi constatado um arrombamento em uma das janelas do parlatório do presídio e que ele teria fugido dessa forma”, observa.

Investigações

O homem está preso preventivamente em virtude de mandado representado pela Polícia Civil durante investigação de um roubo praticado em Nova Lima, em 24 de dezembro de 2020. Na ocasião, o investigado e um comparsa, ao entrarem no imóvel, se depararam com a vítima, de 65 anos, que acabou sendo ferida nas costas, e diversos bens foram levados pela dupla. A PCMG trabalha na identificação do segundo suspeito.

No decorrer das apurações, a PCMG, por meio da troca de informações entre diferentes unidades, levantou que o investigado integra um grupo suspeito da prática de diversos furtos e roubos, valendo-se de arrombamento para acessar os imóveis. O delegado informa que o procedimento investigativo aponta prejuízo às vítimas estimado em meio milhão de reais.

Quando o investigado foi preso, em janeiro, os policiais civis recuperaram diversos objetos subtraídos das vítimas, como televisões, perfumes e relógios, além de uma arma de fogo furtada na residência de um agente de segurança em Belo Horizonte. Durante a ação, também foram apreendidos dois veículos utilizados nos crimes – um carro e uma motocicleta –, além de um terceiro automóvel, que estava em posse do suspeito.

O homem foi novamente encaminhado ao sistema prisional e está à disposição da Justiça.

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *