ÓTIMA NOTÍCIA: Articulação pesada da PMT garante mais leitos de UTI Covid-19 no Vital Brazil

O prefeito Douglas Willkys agradeceu ao esforço conjunto das instituições envolvidas o que possibilitará a continuidade da assistência à população num momento crítico e na qual os casos confirmados e óbitos cresceram de forma exponencial nos últimos dias.

TIMÓTEO – Diante do agravamento do quadro de calamidade na saúde pública em todo o país e região, com o consequente esgotamento dos leitos hospitalares, o Município de Timóteo articulou junto à Fundação São Francisco Xavier (FSFX), Estado de Minas Gerais, Ministério Público, Poder Judiciário e Aperam Soputh America, a abertura de mais 10 leitos de UTI Covid-19 no Hospital e Maternidade Vital Brazil (HMVB). A previsão é de que nos próximos 15 a 20 dias esses equipamentos já estejam disponíveis, reforçando assim a rede de assistência aos pacientes acometidos com o vírus.

Na sexta-feira, dia 19, a gestão do Município acionou a FSFX, atual mantenedora do HMVB, consultando-a sobre possibilidade de aumentar o número de leitos, tendo recebido retorno positivo sobre a viabilidade técnica para a implementação de 10 novos leitos. Em seguida, a Prefeitura acionou o Ministério Público que também entendeu pela viabilidade da oportunidade.

Havendo o acordo entre Município, FSFX e Ministério Público, a Prefeitura de Timóteo protocolou uma petição à 2ª Vara Cível da Comarca requerendo, em caráter de urgência, concordância da Aperam, homologação do Juízo e consequente liberação de recursos depositados pela empresa para a implantação de mais 10 novos leitos de UTI Covid no Vital Brazil. Em 2020, no início da pandemia a siderúrgica havia disponibilizado a quantia de R$ 1,1 milhão para o enfrentamento ao vírus.  Desse montante havia um saldo superior a R$ 800 mil, recursos suficientes para viabilizar os novos leitos.

Ainda na sexta-feira (19), após pedido judicial do Município, o Ministério Público se manifestou favorável ao pleito, destacando que o momento é de “extrema calamidade pública”.

A Fundação São Francisco Xavier apresentou orçamento de R$ 817 mil para a aquisição de equipamentos necessários para a operacionalização dos leitos, ampliando assim em 100% a capacidade de tratamento intensivo em Timóteo. O Estado, por meio da Superintendência Regional de Saúde, concordou com a demanda, manifestando-se no sentido da possibilidade de atuar no custeio desses novos leitos.

Já no sábado, 20, representantes da Prefeitura contataram representantes da Aperam, para apresentar a proposta, sendo a empresa intimada para se manifestar em juízo na segunda, 22. Na terça-feira, dia 23, a Aperam em petição ao Judiciário, deu o sinal verde para o pleito do Município, reforçando que após a pandemia os bens e equipamentos adquiridos para a operação desses novos leitos de UTI Covid-19 serão incorporados ao patrimônio do Hospital e Maternidade Vital Brazil. Em face da urgência da demanda, a Justiça concedeu o pedido nos autos do processo – ID 2805076409 – homologando assim o aditamento do acordo entre as partes (Aperam, Município, MPMG e Estado) com a autorização para a utilização dos recursos.

Para o funcionamento das UTI-Covid necessita-se de respiradores, monitores, desfibriladores, mobiliário, recursos humanos e insumos. A estruturação, operacionalização e viabilização dos 10 novos leitos está a cargo da Fundação São Francisco Xavier, atual mantenedora do Hospital Vital Brazil.

 

Compartilhe em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *